Mestre Anderson França treina Amanda Nunes para luta principal do UFC, dia 12

Técnico é responsável por revelar Edson Barboza, Marlon Moraes e outros nomes das artes marciais de Friburgo e região
quarta-feira, 02 de maio de 2018
por Vinicius Gastin (esportes@avozdaserra.com.br)
Anderson ao lado de Amanda Nunes: mestre friburguense prepara a “Leoa” para nova defesa do cinturão
Anderson ao lado de Amanda Nunes: mestre friburguense prepara a “Leoa” para nova defesa do cinturão

Qualquer adjetivo para definir a excelência do trabalho de Anderson França parece não ser suficiente. Responsável por revelar Edson Barboza, Marlon Moraes e tantos outros nomes das artes marciais de Nova Friburgo e região, o mestre friburguense de muay thai fica cada vez mais reconhecido no mundo do UFC.

Depois de Frankie Edgard, Chris Weidman (responsável por destruir o reinado de Anderson Silva no Ultimate), Vitor Belfort e outros, França participa do atual camp (preparação) de Amanda Nunes, um dos grandes nomes do Brasil e de toda a organização entre as mulheres.

A brasileira fará a luta principal do UFC Rio 9, no dia 12 de maio, na capital carioca, contra Raquel Pennington na sua terceira defesa de título. As lutadoras possuem um acordo verbal para o confronto nesta data, e Anderson França já trabalha com a Leoa, como é conhecida.

A intenção inicial do Ultimate é que, em caso de vitórias de Amanda e da também brasileira Cris Cyborg, elas se enfrentem pelo cinturão do peso-pena no dia 7 de julho, no UFC 226. Amanda conquistou seu cinturão peso-galo em julho de 2016, batendo a então campeã Miesha Tate. Depois, nocauteou Ronda Rousey e venceu por decisão dividida Valentina Shevchenko somando um cartel de 15 vitórias e quatro derrotas.

O sucesso dos alunos que passam pelo crivo de Anderson França fez as portas do MMA se abrirem para o mestre de Nova Friburgo. Lutador desde os sete anos de idade, ganhou a primeira oportunidade para dar aula na Academia Brasil Fight Center em 1996. Credenciado pelo título de melhor atleta do país, o lutador pôde repassar aos alunos todo o conhecimento durante quatro anos.

Tempos depois, o lutador ganhou uma academia de presente e realizou as primeiras aulas de muay thai para um número reduzido de alunos. Marlon Moraes e Edson Barboza já treinavam e despontavam como destaques no cenário das artes marciais. Hoje, ambos são destaques no cenário mundial do MMA. Uma bela trajetória, que ganha novos e importantes capítulos. E parece ainda muito longe de terminar.

 

TAGS: UFC