Mercado plus size movimentou R$ 7,1 bilhões em 2017

Segmento ainda não atingiu o potencial esperado de investimentos das empresas
sábado, 15 de setembro de 2018
por Paula Valviesse (paula@avozdaserra.com.br)
Mercado plus size movimentou R$ 7,1 bilhões em 2017

O mercado plus size engloba um público exigente, que deseja ter acesso às tendências da moda e à variedade de produtos com preços competitivos. Segundo a Associação Brasil Plus Size (ABPS), esse é um nicho com mais de 100 milhões de potenciais consumidores no país, o que representa mais de 50% da população brasileira, e que precisa ser olhado com mais atenção pelas empresas.

O levantamento da associação aponta que até julho de 2018 as lojas especializadas em produtos com numeração a partir do 46 contavam com 7.178 unidades físicas e 208 digitais. Ainda de acordo com a ABPS, em 2017 esse mercado movimentou 7,1 bilhões de reais e a expectativa para 2018 é de crescimento, sendo esperado movimentação de 8 bilhões, no mínimo.

Segundo o presidente da entidade, Douglas Ferreira, o perfil da população mudou, assim como seus corpos e hábitos, e isso deve ser considerado pelas empresas. De acordo com ele o número de potenciais consumidores é de mais de 56 milhões de mulheres e 64 milhões de homens, conforme dados obtidos pelo IBGE e outras pesquisas sobre saúde. Só no Estado do Rio de Janeiro esse número passa de 8 milhões.

“Assim como em todo o Brasil, no Rio de Janeiro o mercado aumentou exponencialmente em número de consumidores, marcas e eventos. A produção destaca-se nos nichos de moda íntima no polo de Nova Friburgo e casual na região central”, explica Douglas.

A Suspiro Íntimo está entre as confecções que investem nesse mercado. Desde 2013 a empresa conta com uma linha exclusiva plus size, com produtos com numeração do 46 ao 54. Na edição deste ano da Fevest - Feira de Moda Íntima, Praia, Fitness e Matéria-Prima – a empresa fez o lançamento de bodies desses tamanhos, além de um sutiã 54. De acordo com o empresário Carlos Eduardo de Lima, em 2017 o crescimento de vendas deste nicho foi de 8% e a expectativa para 2018 é aumentar esse percentual, inclusive com o investimento em novos produtos.

“Enxergamos o plus size como um nicho de mercado muito promissor. É um público fiel, que busca uma modelagem bonita, confortável e funcional. Trata-se de um segmento que, depois que você acerta na modelagem, na funcionalidade da peça tem um retorno muito positivo nas vendas. E ainda são produtos com valor agregado. O grande sucesso agora é a linha de bodies, por isso estamos investindo na ampliação dessa linha, pensando na moda praia, com maiôs, assim como conjuntos, camisolas”, destaca Carlos Eduardo, complementando com a informação de que é grande o direcionamento de consumidores para o site da Suspiro Íntima através das palavras plus size e tamanhos grandes.

O reconhecimento do público também é destacado pela confecção Adeniver, cujas coleções contemplam o segmento plus size tanto feminino quanto masculino, com pijamas, camisolas e baby dolls. Segundo a gerente da empresa, Marcelly Raposo, para 2018 o crescimento de vendas esperado para esse público é de 30%.

“Esse é um público que tem crescido a cada dia e que vem conquistando espaço no desenvolvimento das nossas coleções. Há sete anos atendemos a esse nicho e percebemos o crescimento. Temos aumentado a nossa produção para atender ao público plus size, que deseja sair do básico, com peças mais trabalhadas e também ousadas”, diz Marcelly.

 

TAGS: plus size