Marcos Marins volta ao governo municipal um ano depois

Ex-secretário de Cultura vai assumir a Subsecretaria de Desenvolvimento Econômico
segunda-feira, 01 de abril de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Marcos Marins (Arquivo AVS)
Marcos Marins (Arquivo AVS)

O prefeito de Nova Friburgo, Renato Bravo, informou nesta segunda-feira, 1º, que convidou o ex-secretário de Cultura, Marcos Marins, para assumir a Subsecretaria de Desenvolvimento Econômico. A pasta era ocupada por Walter Thuller, que atualmente é o secretário da Casa Civil.

Marins tem 24 anos, é formado em administração de empresas pela UFF e pós-graduando em gestão estratégica e negócios. Ele atuou na Secretaria de Cultura desde o início do governo, mas deixou a pasta em abril do ano passado para disputar as eleições para o cargo de deputado estadual pelo PP, mas não foi eleito. Obteve 8.104 votos. Para o lugar dele, na Secretaria de Cultura, foi nomeado, à época, o músico Mário José Bastos Jorge, o Marinho.

De acordo com nota divulgada pela prefeitura, Marins recebeu do prefeito a missão de implementar políticas públicas de desenvolvimento econômico no município, estimulando a parceria com os setores produtivos da cidade.  A ideia é que a Subsecretaria de Desenvolvimento Econômico esteja alinhada com instituições de fomento da economia, como Sebrae, Firjan, Acianf, Sesc e universidades, por exemplo.

A prefeitura informou que pretende oferecer um engajamento ainda maior com segmentos que já fazem de Nova Friburgo um grande polo econômico no interior do estado do Rio de Janeiro, como a moda íntima, o metal mecânico e a agricultura. O trabalho também será ampliado oferecendo suporte às outras secretarias do município.

“No campo cultural, por exemplo, temos a cadeia produtiva do audiovisual, que é fundamental para o desenvolvimento econômico e sustentável do município. A parte de tecnologia, também será trabalhada por nós. Precisamos integrar cada vez mais o município com a indústria 4.0 e com novas formações de postos de trabalho”, disse Marcos Marins.

Com isso, a Subsecretaria de Desenvolvimento Econômico passa a investir cada vez mais em capacitação para geração de novos empregos. O bem-estar é outro tópico que deve ser explorado, uma vez que uma cidade desenvolvida oferece qualidade de vida aos moradores.

Outra meta é a criação de novos projetos, ações e convênios para o desenvolvimento das novas políticas públicas de desenvolvimento econômico no município, inclusive com a promoção e inclusão da juventude nesse contexto. O universo do desenvolvimento econômico é muito rico, com atuação em diversos setores, sempre com foco em distribuição de renda, expectativa de vida, segurança e grau de liberdade econômica. “A atuação da pasta deve ser entendida como parte estratégica na gestão pública e desenvolvimento da cidade”, disse Marins.

Nos últimos dois anos, a Subsecretaria de Desenvolvimento Econômico conquistou resultados positivos, segundo a prefeitura, como os títulos de Cidade Empreendedora e Prefeito Empreendedor, concedidos pelo Sebrae. O município também recebeu o Prêmio Melhores Práticas do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro, com o conjunto de políticas implementadas pelo governo municipal para melhorar a qualidade dos serviços prestados para empresas e pessoas físicas, principalmente pelo viés da transparência.

 

TAGS: Governo