Maestro da B1: Jorge Luiz vibra com prêmio de craque da Série B1 2019

Jogador foi um dos protagonistas da campanha do acesso e do título do Friburguense
sexta-feira, 06 de dezembro de 2019
por Vinicius Gastin
Jorge Luiz foi eleito o craque da Série B1: fundamental para que o Frizão pudesse erguer a taça
Jorge Luiz foi eleito o craque da Série B1: fundamental para que o Frizão pudesse erguer a taça

Desde a primeira passagem pelo clube, em 2010, Jorge Luiz se destaca pela qualidade e entrega dentro de campo. Viveu inúmeras fase com a camisa do Friburguense, positivas e nem tão boas, mas com a dedicação se sempre criou um vínculo forte com a torcida. De volta ao Tricolor da Serra em 2019, tornou-se um dos protagonistas da campanha do acesso e do título da Série B1, participando de 23 dos 26 jogos do Frizão na temporada (contando também a Copa Rio). Foram seis gols marcados, várias partidas carregando a braçadeira de capitão e a camisa 10 às costas.

Autor de gols decisivos, como da vitória por 1x0 sobre o Artsul, pelas semifinais da Taça Corcovado, Jorge Luiz também contribuiu com assistências fundamentais, à exemplo da que deu para Toshyia marcar o segundo gol contra o Goytacaz, em Campos, pela semifinal geral. A liderança, a disposição, o talento e o poder de decisão renderam ao "Maestro", como é carinhosamente chamado pela torcida, o prêmio de melhor jogador da Série B1 de 2019.

"A gente trabalhou muito forte durante cinco, seis meses, e receber essa premiação é uma felicidade imensa. Fizemos uma grande competição, mas temos que virar a chave, pois agora nós vamos jogar a Seletiva. São cinco jogos, não podemos errar, e vamos fazer um bom trabalho para voltar à Série A do Estadual de fato, de onde o Friburguense não pode sair."

Jorge Luiz chegou ao Friburguense em 2010 e, durante o período, acumulou empréstimos para diversos clubes, como Flamengo, Macaé, Sampaio Corrêa-RJ, RB Brasil-SP e Volta Redonda. São 188 jogos e 39 gols com a camisa do Tricolor da Serra. Aos 31 anos de idade, ele permanece no Friburguense para a temporada de 2020, e certamente será uma das lideranças e peças-chave no elenco comandado por Cadão.

Foto da galeria
Meia já soma quase 200 jogos pelo Friburguense na carreira
TAGS: Friburguense