Lutadores de Nova Friburgo somam bons resultados em Belo Horizonte

Competição organizada pela Federação Internacional de Jiu-Jítsu Brasileiro foi realizada nos últimos dias 11 e 12
terça-feira, 21 de fevereiro de 2017
por Vinicius Gastin
Frotté, Pará, Xico e Glauco: todos medalhistas na capital de Minas Gerais, onde ocorreu o Summer de Jiu-Jítsu (Fotos: Divulgação)
Frotté, Pará, Xico e Glauco: todos medalhistas na capital de Minas Gerais, onde ocorreu o Summer de Jiu-Jítsu (Fotos: Divulgação)

Com bastante suor e esforço, um grupo de lutadores de Nova Friburgo rechaçou o estilo “mineirinho” e fez barulho durante o Belo Horizonte Summer, competição organizada pela IBJJF (Federação Internacional de Jiu-Jítsu Brasileiro) e realizada nos últimos dias 11 e 12. Tradicional, o evento, geralmente realizado no estado do Rio, aconteceu pela primeira vez em Minas Gerais. E do complexo esportivo do estádio Jornalista Felipe Drummond, no popular ginásio Mineirinho, os atletas friburguenses trazem boas recordações e resultados expressivos na bagagem.

Os representantes de Nova Friburgo na competição foram os atletas de faixa marrom, Glauco e Xico, e o faixa azul Maycon Frotté, da equipe Gordo JJ, comandada por Pedro Henrique (Espanta), e o atleta faixa roxa Edilson Júnior, aluno de Henrique Mendonça na equipe Boi Team JJ.

No primeiro dia de competição, que reservou espaço para as lutas com kimono, participaram os atletas Glauco e Xico, ambos da equipe “Gordo JJ”. Ambos tiveram desempenho destacado, e alcançaram a medalha de prata, aumentando a responsabilidade de Maycon Frotté e Edilson Jr., escalados para lutarem no dia seguinte.

A dupla subiu ao tatame logo pela manhã, e também representaram com sucesso a cidade e as respectivas equipes. Maycon Frotté competiu na modalidade Gi (com kimono), e tanto na primeira quanto na segunda luta dominou o combate e venceu por pontuação, finalizando os oponentes com o mesmo estrangulamento.

Entretanto, na semifinal, foi superado por uma mínima vantagem e ficou com a medalha de bronze, garantindo a terceira medalha para Nova Friburgo. Frotté, ainda se arriscou no absoluto, onde não há divisão por peso, e sim apenas consideração à cor da faixa. O aluno do Pedro Henrique acabou não passando da primeira luta, contra um oponente que luta uma categoria acima da sua.

Em busca do bicampeonato, Edilson Júnior, o Pará, participou da competição no Gi (sem kimono). Na primeira luta o friburguense teve como oponente o atleta Diego Campos, da equipe “Boi Branco Team”. Logo no início do combate o atleta Diogo puxou o friburguense pra “meia guarda”, e acabou surpreendido antes do primeiro minuto de luta por um “triângulo de mão” bem aplicado por Edilson. “Aperfeiçoei essa posição de tanto ser finalizado nos treinos pelo meu companheiro Daniel Eller”, conta.

O friburguense alcançou a classificação para o combate seguinte, contra o atleta Carlos Amorim, da “Gracie Barra JJ”. Nesse combate o placar estava empatado por 2 a 2, com vantagens a uma para o lutador representante de Nova Friburgo. Pará acabou vencendo e se classificando para a final, onde enfrentou o mineiro Moisés de Souza, da equipe “Team Alexandre Xuxa”. O anfitrião acabou levando a melhor e ficou com o título, restando a Edilson comemorar a conquista da medalha de prata. Moisés venceu por 2 a 0, após surpreender o friburguense com uma raspagem. Pará ainda tentou reverter o placar durante todo combate, mas não conseguiu. Ainda assim garantiu a quarta medalha para Nova Friburgo.

“Apesar de não ter sido campeão eu estou muito feliz com o meu desempenho. Consegui lutar muito bem, mesmo longe de casa e com a responsabilidade de ser o último friburguense a participar. Todos os meus companheiros já haviam garantido suas medalhas. Agora meu foco está voltado para o Campeonato Brasileiro da CBJJ (Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu), que será realizado em Barueri-SP, em abril”, disse.

Pará destaca ainda o apoio e incentivo recebido pelo professor Henrique Mendonça, e agradece ainda aos patrocinadores que possibilitaram a participação nesta e em outras competições. “Agradeço demais ao Vinícius da Conexão Academia; Pizzaria Califórnia, Leonardo, da Vitrine Imóveis, Cláudio, da CCM, seu companheiro de equipe; Max, da Nova Serra Produtos Naturais; Roberto e Bebel, da Auto Elétrica Paraíso; EJR Despachante; Antônio, da Frisoldas Auto Peças; Lanchonete Pingo de Ouro e ao Mercado Bohrer, na Chácara do Paraíso”, enumerou.

  • Edilson Jr., após vencer a primeira luta por finalização: lutador faturou a prata na competição

    Edilson Jr., após vencer a primeira luta por finalização: lutador faturou a prata na competição

  • Pará sobe ao pódio para receber a premiação: desempenho de destaque dos atletas friburguenses

    Pará sobe ao pódio para receber a premiação: desempenho de destaque dos atletas friburguenses

TAGS: Jiu jitsu