Jhennifer Alves treina nos Estados Unidos

Nadadora friburguense bate marca dos 100 metros peito nas piscinas de Virginia Tech
quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Jhennifer durante a passagem pelos EUA: marcas que aumentam a expectativa para a temporada
Jhennifer durante a passagem pelos EUA: marcas que aumentam a expectativa para a temporada

Jhennifer Alves, um dos grandes nomes do esporte de Nova Friburgo e da natação brasileira, teve um começo de temporada diferente. A atleta do Pinheiros passou cerca de um mês treinando com o renomado técnico Sérgio Lopez, na Universidade da Virginia Tech, nos Estados Unidos.

A nadadora de 21 anos participou da rotina de atividades com um grupo de nadadores profissionais desde o início do ano, quando viajou junto com Felipe Lima, companheiro de equipe e também especialista em nado peito.

Na Virginia Tech, Jhennifer também teve a oportunidade de treinar com atletas de outros países, incluindo a medalhista mundial Farida Osman, do Egito. Durante sua passagem pela Virgínia, a friburguense nadou em piscina de jardas alcançando as marcas de 1:00.48 para os 100 metros peito, e 27.30 para os 50 metros da mesma modalidade. Na conversão (não oficial), os tempos seriam aproximadamente 1:08.72 e 31.12.

O recorde brasileiro dos 100 metros peito feminino pertence a Beatriz Travalon desde 2014, com a marca de 1:00.62, e como a tomada de tempo de Jhennifer não foi uma competição oficial, o recorde não foi batido. Mas fica a prova de que a atleta de Nova Friburgo, já de volta ao Pinheiros, onde segue a programação de treinamentos, pode chegar ainda mais longe nesta temporada. Dentro os desafios estão a busca por uma vaga nos Jogos Pan-Americanos do Peru e no Mundial da Koreia.

Em 2018, Jhenny ganhou o campeonato paulista nos 50 e 100 metros peito, estabelecendo novos recordes na competição. Venceu ainda o campeonato brasileiro de inverno, com recordes brasileiro e sul-americano nas duas provas, e foi recordista dos 50 metros peito durante o campeonato sul-americano de Tujillo, no Peru. Em dezembro fez o melhor tempo pessoal no campeonato brasileiro absoluto.

Ainda sobre o trabalho no país norte-americano, Jhennifer trabalhou com um dos bons nomes quando o assunto é treinamento de natação. Lopez é o técnico de Felipe Lima, e desde o ano passado também tem a jamaicana Alia Atkinson no seu grupo de nadadores de peito. Este é o primeiro ano de Lopez no comando da equipe da Virgínia Tech, depois de duas temporadas em Auburn, onde também treinava Marcelo Chierighini.

TAGS: natacao