Jhennifer Alves fatura prata e bronze nos Jogos Mundiais Militares

Atleta friburguense segue no exterior e participa de diversas competições até novembro
quarta-feira, 23 de outubro de 2019
por Vinicius Gastin
Com mais duas medalhas na China, Jhenny amplia coleção de conquistas na carreira
Com mais duas medalhas na China, Jhenny amplia coleção de conquistas na carreira

O tour de Jhennifer Alves pelo mundo no último fim final de ano começou com tudo. A atleta friburguense, em seu primeiro de vários desafios, participou dos Jogos Mundiais Militares, promovidos em Wuhan, na China, e já marcou o seu nome na história da competição. Jhenny participou no último domingo, 20, da prova dos 50 metros nado peito, especialidade dela, e conquistou a medalha de prata. 

Com o tempo de 30s91, a nadadora do Pinheiros (SP) foi superada apenas pela chinesa Ran Suo, que fez 30s74. Outra brasileira, Pâmela Souza, participou da final e ficou com a oitava colocação, com o tempo de 32s80. Já na manhã desta quarta-feira, 23, a atleta voltou às piscinas, e conquistou medalha de bronze na prova dos 100 metros peito. 

O Mundial, em sua 7ª edição, teve início no último sábado, 19, e prosseguiu até esta quarta-feira, 23. Jhenny compõe a seleção militar brasileira convocada para o evento. A competição foi organizada pela primeira vez por ocasião da celebração dos 50 anos do término da 2ª Guerra Mundial.

Desde sua primeira edição, em Roma (Itália), o evento tem como sua principal bandeira a promoção da paz. Para alcançar este objetivo reúne componentes de diferentes forças armadas, que muitas vezes são divididos por barreiras ideológicas e políticas, para se unirem em nome da amizade, diz o Conselho Internacional do Esporte Militar (CISM), que tem papel importante na organização dos jogos. O Brasil esteve presente em todas as edições, e desde 2011, quando a delegação brasileira garantiu a primeira posição do quadro de medalhas com 114 conquistas (45 ouros, 33 pratas e 36 bronzes), vem crescendo. 

Quatro anos depois o Brasil voltou a ter uma campanha de destaque. Conquistou o total de 84 medalhas (34 ouros, 26 pratas e 24 bronzes) e garantiu a segunda posição no quadro de medalhas. 

Este histórico recente cria a expectativa positiva em relação à campanha brasileira nos Jogos de Wuhan, que conta com a participação de 350 atletas brasileiros das três forças e de forças auxiliares, como policiais militares e bombeiros. Jhennifer compete com a patente de sargento da Aeronáutica.

Próximos desafios

Após o Mundial Militar, Jhennifer Alves viaja para Budapeste, onde vai disputar o ISL no próximo fim de semana, através de um convite feito pela equipe americana LA Current. Da Hungria para a Rússia, a friburguense vai até Kazan para a disputa da sexta etapa da Copa do Mundo de Natação, entre os dias 1º e 3 de novembro. 

O tour de Jhennifer Alves vai terminar em Doha, no Qatar, entre os dias 7 e 9 de novembro, onde ela vai disputar a sétima etapa da Copa do Mundo de Natação. 

 

TAGS: natacao