Homem invade casa da ex no Jardim Califórnia e é preso

Segundo Deam, ele não poderia se aproximar da mulher por ordem da Justiça
quarta-feira, 10 de julho de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Homem invade casa da ex no Jardim Califórnia e é preso

Um homem de 42 anos foi preso em flagrante nesta terça-feira, 9, após invadir a casa da ex-mulher no Jardim Califórnia, no distrito de Conselheiro Paulino, em Nova Friburgo, e descumprir medida protetiva. Ele foi detido por policiais civis da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam). 

De acordo com a Polícia Civil, o homem é acusado de ameaças à mulher. A delegada Mariana Thomé de Moraes solicitou à Justiça uma medida protetiva e homem foi obrigado, conforme a Lei Maria da Penha, a não se aproximar da mulher. Ele, porém, descumpriu a determinação reiteradas vezes. 

Nesta terça-feira, 9, o homem voltou a invadir a casa da vítima. A Deam então foi acionada e os agentes o prenderam em flagrante. Além da ameaça, ele vai responder por violação de domicílio, de acordo com o Código Penal, e por descumprimento de medida protetiva de urgência. 

Tornozeleira para agressor

Por conta do aumento nos casos de feminicídio no estado, a 5ª Vara de Violência Doméstica determinou, no mês passado, que a Secretaria estadual de Administração Penitenciária (Seap) compre tornozeleiras eletrônicas que serão usadas para monitorar agressores. 

Utilizadas por presos do regime semiaberto, o equipamento também será usado agora por homens que devem ser manter distantes das mulheres. As tornozeleiras são vinculadas a um aparelho que vibra. Quando o homem estiver próximo dele, em uma raio de 200 metros, o vibrador dará o sinal, alertando a mulher da presença do homem. 

Para atender inicialmente a tais demandas, a Seap vai disponibilizar 20 equipamentos. Até o momento, a Justiça autorizou o uso de dois aparelhos. Atualmente, cerca de 4.500 detentos do sistema penitenciário do Rio de Janeiro usam tornozeleira eletrônica.

 

TAGS: crime