Frizão testa time, goleia em jogo-treino e acerta detalhes

Tricolor da Serra derrota Caec, de Casimiro de Abreu por 4 a 1, no mesmo ritmo em que terminou a Taça Santos Dumont
segunda-feira, 10 de julho de 2017
por Vinicius Gastin
Rafael, revelação do clube, se firma na equipe titular do Friburguense
Rafael, revelação do clube, se firma na equipe titular do Friburguense

Em busca de melhorar ainda mais o desempenho na série B do campeonato carioca, o Friburguense aproveita as duas semanas entre o primeiro e o segundo turno da competição para intensificar os treinamentos. E na manhã do último sábado, 8, o Tricolor da Serra recebeu o Caec, de Casimiro de Abreu, para um jogo-treino no estádio Eduardo Guinle. No mesmo ritmo em que terminou a Taça Santos Dumont, o Frizão goleou o adversário pelo placar de 4x1. Os gols foram marcados por Lohan, Ziquinha, Yan e Matheus Figueiredo. Após a atividade, o elenco foi liberado e retornou aos treinos nesta segunda-feira, 10.

As boas participações de Lucas Sales e Yan merecem destaque. Reforços do clube para a temporada, oscilaram bastante no primeiro turno, apesar de terem participado de momentos importantes da campanha. O atacante Jarles, recuperado de lesão, também participou normalmente da atividade, mas terá que recuperar o seu espaço, uma vez que Ziquinha conquistou a titularidade com gols e boas atuações.

Os desfalques no jogo-treino foram Gleison e Ricardo. O meia fez trabalho em separado para apurar a forma física, e não deve ser problema para o jogo contra o Queimados, pela primeira rodada do segundo turno. Já Ricardo nem calçou as chuteiras, e o aproveitamento dele (reserva imediato de Lohan) no próximo sábado, 15, é incerto. Outra preocupação é Jefinho, que iniciou a atividade como titular. O meia sentiu um desconforto na coxa, deixou o jogo-treino ainda no primeiro tempo e será reavaliado durante a semana.

O jogo-treino

O primeiro tempo foi bastante truncado, onde o time visitante teve a felicidade de abrir o placar e se fechar na defesa. O Friburguense tentou girar a bola, manter a posse e buscar os espaços para empatar a partida. Enquanto isso o Caec praticamente não ameaçou, salvo em lances de bola parada. Em apenas um deles Luiz Felipe trabalhou com alguma dificuldade. Um cenário muito semelhante ao encontrado nas partidas da série B em Nova Friburgo. Duque de Caxias, Tigres e Serrano são exemplos de times que adotaram postura semelhante quando enfrentaram o Frizão na serra.

Na etapa final, o Tricolor da Serra manteve a pressão e conseguiu a virada em cinco minutos. O gol de empate foi marcado por Lohan, após pênalti sofrido por Lucas Sales, logo aos dois. Não demorou, e Sales, novamente pela esquerda, levantou com precisão para Ziquinha. O atacante, que vive grande fase, persistiu no lance e escorou para colocar o Frizão à frente do marcador. O técnico Merica promoveu as alterações, e quase todos foram substituídos. Com o jogo totalmente sob controle, o Friburguense marcou mais duas vezes: uma com Yan, após bela jogada individual e finalização precisa de perna canhota, e outra com Matheus Figueiredo.

 O Tricolor da Serra iniciou a atividade com Luiz Felipe, Sergio Gomes, Marcelo Costa, Roberto Junior e Gabriel; Bidu, Rafael, Jefinho e Jefferson; Ziquinha e Lohan.

Deu Goyta: time de Campos se garante na semifinal geral com título da Santos Dumont

O Goytacaz deu um passo importante, e já está garantido entre os times que brigarão por duas vagas na elite do futebol estadual do próximo ano. O time de Campos, que amarga um jejum de 25 anos longe da primeira divisão do campeonato carioca, sagrou-se campeão da Taça Santos Dumont neste fim de semana. Na final, realizada no último sábado, 8, no Estádio de Moça Bonita, o Alvianil derrotou o Audax Rio nos pênaltis, por 5 a 4, após empate sem gols no tempo normal.

Além de levantar o troféu do primeiro turno de forma invicta, o Goyta se garante na semifinal geral da série B1, que apontará os dois times que sobem para a primeira divisão em 2018. Na Taça Corcovado, o time da Rua do Gás vai jogar focado principalmente na classificação geral, que dará vantagem do empate - aos dois mais bem colocados - justamente na etapa decisiva da competição. A tabela, de fato, lhe favorece em alguns aspectos: a equipe de Campos jogará seis das 11 vezes como mandante, e das cinco partidas como visitante, atuará no município de origem duas vezes: uma contra o Carapebus e outra contra o Americano, que curiosamente manda os jogos no estádio do próprio Goyta. Ou seja, na prática serão apenas três viagens.

A análise é importante para observar a situação do Friburguense. O Goytacaz, por exemplo, é um time que está à frente do Tricolor da Serra, e se mantiver o rendimento do primeiro turno, provavelmente vai disparar na tabela. Sendo assim, Audax, Americano, Duque de Caxias, Barcelona, Sampaio Correa, America, Barra da Tijuca e São Gonçalo tornam-se adversários diretos a julgar pela Taça Santos Dumont.

Dos cinco times que se encontram à frente do Frizão neste momento, no geral, excluindo o Goyta, quatro serão adversários na Taça Corcovado. Sampaio Correa e Americano visitam Nova Friburgo, enquanto o Friburguense vai visitar Barcelona e Audax. O America, que soma os mesmos 17 pontos, também subirá a serra. Este, inclusive, será o primeiro compromisso em casa do time de Merica no segundo turno. A partida acontece no dia 22, às 15h, no Eduardo Guinle, pela rodada de número dois. A estreia do Tricolor acontece no próximo sábado, 15, contra o Queimados. A partida está confirmada para o estádio Marrentão, em Duque de Caxias.

TAGS: futebol