Frizão estreia na Série B perdendo de 2 a 0 para o Goytacaz

Friburguense é derrotado mais uma vez para time de Campos
sábado, 27 de maio de 2017
por Jornal A Voz da Serra
Jogadres do Frizão treinam para estreia na Série B
Jogadres do Frizão treinam para estreia na Série B

Não deu para o Frizão. Na tarde deste sábado, 27, no Estádio Ari Santos, em Campos, o Goytacaz derrotou o Friburguense por 2 a zero em partida válida pela abertura da Série B1 do Campeonato Carioca. O Time da Rua do Gás inaugurou o placar no primeiro tempo com Igor e fechou a conta na segunda etapa com Luquinha.

Com o resultado, o Goytacaz assume, provisoriamente, a terceira colocação do Grupo B com três pontos. Já o Friburguense ocupa o oitavo lugar do mesmo grupo

Desde a tristeza pelo rebaixamento, o Friburguense passou pela alegria da conquista em campo da Copa Rio, ainda em 2016, e pela participação na Copa do Brasil deste ano até, enfim, chegar ao seu maior desafio. Talvez o mais importante desde 2011, quando o clube disputou a série B do Campeonato Carioca pela última vez. A queda interrompeu uma sequência de boas temporadas na elite e resultou em feridas na parte financeira. Para cicatrizá-las e evitar que se aprofundem, é necessário subir o quanto antes. De preferência, já em 2017.

                   A partida deste sábado foi o encontro de número 11 entre as equipes, considerando Campeonato Carioca e Copa Rio. O time do Norte Fluminense sempre levou vantagem: foram sete vitórias, contra três do Friburguense. O tricolor marcou dez vezes, enquanto o Goyta fez 14 gols. Contudo, o retrospecto recente era favorável ao Frizão: nos dois encontros anteriores, ambos por edições de Copa Rio, vitórias por 2x0, em 2010, e 5x0 na Copa Rio do ano passado, no jogo de estreia do time de Merica, no estádio Eduardo Guinle.

Frizão no grupo B

O modelo do Campeonato Carioca da Série B1 de 2017 vai ser rigorosamente o mesmo da Primeira Divisão, com dois turnos, semifinal e final. Os dois times que chegarem à decisão sobem para a elite de 2018. Os turnos Taça Santos Dumont e Taça Corcovado estão mantidos. Os campeões se classificam, junto com os dois melhores times na soma dos turnos, para a semifinal geral, que será em jogo único, com vantagem do empate para o time de campanha superior. Os vencedores sobem para a série A e disputam a decisão.

O Friburguense está no grupo B, exatamente o que possui dez das 21 equipes. No primeiro turno, elas se enfrentam entre si, e no segundo, uma chave enfrenta a outra. A chave A está definida com Audax Rio, Barcelona, Olaria, Campos/Carapebus (rebaixado do Estadual deste ano), Barra Mansa, Queimados, America, Sampaio Corrêa, Serra Macaense, Americano e Itaboraí. No grupo B, além do Tricolor da Serra, estão Duque de Caxias, Barra da Tijuca, Tigres (rebaixado do Estadual deste ano), Goytacaz, Serrano, Gonçalense, São Gonçalo EC, São Cristóvão e Artsul.

No caminho do Friburguense até a elite estadual, pelo menos dez viagens estão reservadas. Diante do Goytacaz, em Campos, a equipe fará um dos mais longos trajetos na competição. O Frizão poderia retornar mais duas vezes ao Norte Fluminense, mas receberá Campos/Carapebus e Americano em Nova Friburgo. Outra longa viagem será com destino à Barra Mansa, na terceira rodada do segundo turno. A maioria dos jogos fora de casa, no entanto, acontece na Baixada Fluminense. As partidas serão disputadas às quartas e sábados, e os duelos no meio de semana na serra vão ser realizados às 19h30.

Além dessa vantagem na questão logística — e até mesmo no quesito desgaste —, o Tricolor da Serra pode se beneficiar também ao receber algumas das equipes mais tradicionais no Eduardo Guinle. Tigres, America, Americano, Duque de Caxias e o Serrano, que retorna à segundona, por exemplo, vão subir a serra. AD Itaboraí e São Gonçalo, que geralmente impõem dificuldades aos adversários quando jogam em casa, também virão à Nova Friburgo. Já o duelo com o Olaria vai acontecer na conhecida Rua Bariri.

Na Taça Santos Dumont o Friburguense joga apenas quatro das nove partidas em casa. A recompensa vem na Taça Corcovado, quando o Tricolor joga seis dos 11 jogos no Eduardo Guinle. Se no primeiro turno há uma sequência de dois duelos longe da serra, no segundo o Frizão encerra a campanha na fase de grupos com dois desafios em Nova Friburgo.

 A tabela do Frizão - Taça Santos Dumont:

27/mai - 15h - Goytacaz x Friburguense, Ari de Oliveira

31/mai - 19h30 - Friburguense x Tigres, Eduardo Guinle

04/jun - 15h - Barra da Tijuca x Friburguense, C. Galvão

07/jun - 19h30 - Friburguense x Duque de Caxias, Eduardo Guinle

11/jun - 10h - São Cristovão x Friburguense, Rua Bariri

17/jun - 15h - Friburguense x São Gonçalo, Eduardo Guinle

22/jun - 15h - Gonçalense x Friburguense, Alzirão

28/jun - 15h - Artsul x Friburguense, Nivaldo Pereira

01/jul - 15h - Friburguense x Serrano, Eduardo Guinle

 

Taça Corcovado:

15/jul - 15h - Queimados x Friburguense, a definir

22/jul - 15h - Friburguense x America, Eduardo Guinle

26/jul - 15h - Barra Mansa x Friburguense, Leão do Sul

29/jul - 15h - Friburguense x Sampaio Correa, Eduardo Guinle

02/ago - 15h - Olaria x Friburguense, Rua Bariri

05/ago - 15h - Friburguense x Serra Macaense, Eduardo Guinle

13/ago - 15h - Barcelona x Friburguense, Bariri

16/ago - 19h30 - Friburguense x AD Itaboraí, Eduardo Guinle

19/ago - 15h - Audax Rio x Friburguense, Moça Bonita

26/ago - 15h - Friburguense x Americano, Eduardo Guinle

30/ago - 19h30 - Friburguense x Campos/Carapebus, Eduardo Guinle

 

4 fotos – legendas:

1- Merica comanda o Frizão em seu maior desafio nos últimos anos: 21 times e duas vagas na elite

2- Reforço, Gabriel começa a série B no time titular do Friburguense

3- Gleison e Jeffinho (fundo): criação no meio-campo nos pés da dupla

4- Everton (reforço), Rodrigo, Afonso e Roberto Junior: contratações e base tricolor juntos

 

Transmissões da semana – Nova Friburgo AM

 

- Sáb (27/05) - 15h40 - Vasco x Fluminense, São Januário

- Dom (28/05) - 15h30 - Atlético-PR x Flamengo, Arena da Baixada

TAGS: futebol | frizão | Goytacaz | Série B