Frizão deve oficializar novo treinador ainda esta semana

A quase 50 dias do 1º desafio pelo Campeonato Carioca da Série B1, meia Juninho é a 1ª novidade
terça-feira, 03 de abril de 2018
por Vinicius Gastin (esportes@avozdaserra.com.br)
Juninho chega como a primeira novidade do Friburguense para a temporada 2018
Juninho chega como a primeira novidade do Friburguense para a temporada 2018

Quase 50 dias separam o Friburguense do primeiro desafio pelo Campeonato Carioca da Série B1. Esse será o tempo para o Tricolor da Serra rechear o elenco com reforços pontuais, preparar a equipe e buscar o equilíbrio para alcançar o objetivo principal de retornar à primeira divisão do Estado.

A reapresentação oficial do elenco aconteceu nesta segunda-feira, 2, de forma definitiva, e ao longo da semana algumas outras peças irão chegar. Há, inclusive, um calendário de amistosos montado, e o planejamento de recuperar o gramado do estádio Eduardo Guinle.

Quanto ao novo treinador, uma definição oficial deve acontecer, no máximo, até esta terça-feira, 3. O nome de Gerson Andreotti é o favorito, e entre clube e treinador o acerto financeiro já aconteceu. Restam apenas detalhes burocráticos para anunciar a volta do treinador, que comandou o Tricolor em cinco dos últimos seis anos. Gerson é conhecedor da estrutura, das limitações financeiras e da filosofia de trabalho do clube. Além disso, não esconde o desejo e a empolgação de voltar a Nova Friburgo.

 Afonso, Leon, Murilo, Bidu, Sérgio Gomes, Lucas, Rômulo Azevedo, Damião, Rafael, Juninho, Jefinho, Lohan, Ziquinha, Júlio Cesar, Cleisson, Jonatan e Gustavo são os atletas que se reapresentaram nesta segunda-feira, 2. Ainda para esta terça-feira, mais alguns atletas devem chegar, à exemplo de Jeffinho, Lucas Sales e Yan (estes dois últimos participaram da campanha do Frizão em 2017).

Emprestados, Gleison e Bruno também são aguardados, enquanto o atacante Lohan, cedido ao Resende para a Série A Estadual, ainda não teve o destino definido. Roberto Júnior, emprestado à Cabofriense, dificilmente retornará ao Friburguense.

Dentre os nomes citados, destaque para o meia Juninho, de 23 anos, que na última temporada atuou pelo Olaria. Veloz e habilidoso será boa opção no elenco, especialmente para o setor de criação. Também para o meio-campo, dois volantes, conhecidos pela torcida estão de volta: Damião e Rômulo Azevedo, jovens revelados pelo clube (Damião também fez boa parte de sua formação no Americano), e que já trabalharam com Gerson Andreotti.

Nesta primeira semana, como de praxe, será realizada a fase de testes físicos e exames médicos. Os trabalhos com bola começarão a partir da segunda semana, dentre treinos técnicos e táticos. Ainda estão previstos treinamentos com os atletas no Centro de Treinamento do Friburguense, na Aldeia da Criança, em Salinas, no distrito de Campo do Coelho.

Neste período, o gramado do Estádio Eduardo Guinle (foto) vai passar por manutenção, sendo preparado para suportar o grande número de jogos, tanto dos profissionais quanto da base. A princípio, a ideia é que esse trabalho seja realizado entre o próximo dia 10 e 20 de maio.

Amistosos já marcados

 Até a estreia no Campeonato Carioca da Série B1, além da rotina de treinos, o Friburguense terá alguns amistosos para testar peças e também observar alguns jogadores que estarão em experiência. Esse será, inclusive, o objetivo principal do primeiro jogo-treino contra o Macaé, no próximo dia 14, no norte fluminense. A ideia é mesclar juniores e atletas que serão observados neste momento inicial.

A proposta é realizar até cinco jogos amistosos, e pelo menos outros dois já têm adversário definido e datas marcadas. Já com um esboço do time que deverá iniciar a competição estadual, o Friburguense vai enfrentar o Serra Macaense nos próximos dias 21 e 28, sendo uma partida em Macaé (provavelmente a primeira) e outra em Nova Friburgo. Os outros dois jogos ainda serão definidos pela direção tricolor.

Entenda o caminho na Série B1

A estreia do Tricolor da Serra na Série B1 será no dia 19 de maio contra o Audax, possivelmente no estádio de Moça Bonita, em Bangu. O primeiro jogo em casa será na quarta-feira seguinte, dia 23, contra o São Gonçalo. O Frizão encerra o primeiro turno fora de casa, contra o Tigres do Brasil, e abre a Taça Corcovado também longe da serra, diante do América, fechando o turno final da primeira fase contra o Americano no Eduardo Guinle.

O Friburguense está no grupo B da competição, ao lado de Audax Rio, AD Itaboraí, Duque de Caxias, Bonsucesso, Carapebus, Olaria, São Gonçalo EC, Serrano e Tigres do Brasil. Já o grupo A é composto por América, Americano, Angra dos Reis, Artsul, Barcelona, Barra da Tijuca, Gonçalense, Santa Cruz, Serra Macaense e Sampaio Corrêa.

No primeiro turno (Taça Santos Dumont), os clubes enfrentam os times dentro do próprio grupo. Os dois melhores de cada chave avançam e cruzam com os dois melhores do outro grupo, em jogo único, com a vantagem do empate para os primeiros colocados. No segundo turno (Taça Corcovado), os times encaram as equipes da outra chave, com o regulamento das semifinais e finais idênticos ao do turno inicial.

Os dois campeões das taças terão a vantagem de jogar por dois resultados iguais ou saldo de gols igual nas semifinais da B1, que serão disputadas em dois jogos, de ida e volta (principal mudança no regulamento deste ano).

Os outros dois clubes semifinalistas serão definidos através da classificação geral, na soma das campanhas dos dois turnos somados. Os finalistas automaticamente sobem para a Série A de 2019 e disputam o título em partida única, em campo neutro e sem vantagem para nenhum time. Os três piores da classificação geral são rebaixados.

TAGS: futebol