Frizão bate o Serrano em casa e fica mais perto das semifinais

Sexta vitória seguida leva o Tricolor da Serra à liderança do grupo B no primeiro turno do Campeonato Carioca da Série B1
segunda-feira, 25 de junho de 2018
por Vinicius Gastin (esportes@avozdaserra.com.br)
Cadão orienta Ricardo e Damião: preocupação com o lado esquerdo
Cadão orienta Ricardo e Damião: preocupação com o lado esquerdo

Uma vitória fundamental, para deixar o Friburguense ainda mais perto das semifinais da Taça Santos Dumont, o primeiro turno do Campeonato Carioca da Série B1. Com gols de Ziquinha e Lohan, o Tricolor da Serra venceu o Serrano por 2 a 1 na tarde do último sábado, 23, no Eduardo Guinle, e, com os demais resultados, continua dependendo apenas de si para avançar de fase. Até mesmo um empate pode ser suficiente. Um triunfo construído com entrega e superação, especialmente após as saídas de Jorge Luiz e Jefinho lesionados.

O resultado levou o Friburguense à liderança do grupo B, com 16 pontos, um a mais que o Tigres do Brasil (derrotado pelo Audax), adversário do próximo sábado, 30. A partida acontece às 15h, no estádio Los Lários. O Frizão avança para a próxima fase com um empate, ou até mesmo com derrota, dependendo de outros resultados. O Duque de Caxias é terceiro, com 14 pontos. Já o Bonsucesso, que derrotou o Itaboraí, e o São Gonçalo, que perdeu em casa para o Olaria, somam 13 e também estão na briga pelas semifinais.

Frizão em vantagem

Ao contrário do que havia feito o Carapebus, o Serrano não se limitou a esperar o Friburguense nos minutos iniciais. O time de Petrópolis, recheado por jogadores experientes, optou por adiantar a marcação e tentar evitar a construção das jogadas do Tricolor da Serra. O antídoto do time Cadão foi o entrosamento do meio-campo, sem mudanças em relação às últimas partidas. A única alteração, aliás, foi Ziquinha na vaga de Dedé. E o experiente atacante, ídolo da torcida, tornaria-se personagem dos 20 primeiros minutos.

A movimentação de Jefinho, Jorge Luiz e Ziquinha, com a qualidade de Vitinho na saída de bola, forçaram o Serrano a recuar as linhas. Aos poucos, o Friburguense conseguiu ganhar terreno, e aos 18 minutos, Ziquinha ganhou da zaga adversária na cabeça, mas parou em boa defesa do goleiro. Instantes depois, ele não perdoou e aproveitou o rebote de Neguete para colocar o Frizão em vantagem. Logo após a volta do tempo técnico, Dieguinho fez boa jogada pela direita, e após bate rebate, Lohan finalizou para nova intervenção importante do goleiro.

Tudo corria bem dentro de campo, e o motivo de maior preocupação foi a lesão de Jefinho aos 31 minutos, sendo substituído por Juninho. O meia, logo em sua primeira participação, deixou Lohan na cara do gol. O camisa nove balançou as redes, mas o bandeira marcou impedimento.

Nos 15 minutos finais, o Serrano até tentou reter a bola, mas o Friburguense, atento à marcação, deu poucos espaços. Ainda antes do intervalo, O Tricolor teve nova baixa: Jorge Luiz levou uma pancada e acabou substituído por Lucas Sales.

Vitória consolidada

Dos vestiários, o Friburguense voltou com uma notícia positiva e outra negativa. A boa era a vantagem no placar, e a ruim, era ter que atuar por 45 minutos sem a dupla titular de meias, pela primeira vez nesta Série B1. A tentativa do Serrano em ser mais ofensivo esbarrava nos erros de passe e na marcação forte do tricolor.

O time de Petrópolis quase foi surpreendido em rápido contra ataque aos seis minutos: Ricardo, atuando na faixa de campo antes ocupada por Jorge Luiz, fez boa jogada e lançou Lohan, que tentou driblar o goleiro e acabou desarmado. Antes do tempo técnico, o Frizão ainda reclamou pênalti em jogada que envolveu Ricardo e Marlon, ignorado pelo árbitro.

Um chute de longa distância, sem direção alguma, foi praticamente a única produção ofensiva dos visitantes em 30 minutos. O Friburguense, por sua vez, esperava o momento certo para matar a partida. Quando a oportunidade apareceu, Lohan não perdoou e completou, de cabeça, o cruzamento preciso de Dieguinho.

Até então um mero espectador, Luiz Felipe trabalhou bem aos 34 minutos, após bola desviada de cabeça na grande área. O goleiro tricolor só não alcançou a cobrança de falta aos 42, que tocou o travessão e sobrou para Marcelo escorar para as redes. Apenas um susto, incapaz de estragar a festa em Nova Friburgo.

 

Ficha Técnica

Friburguense 2 x 1 Serrano

Campeonato Carioca Série B1 2018

Taça Santos Dumont – 8ª rodada (1º turno)

Estádio Eduardo Guinle, Nova Friburgo-RJ

23/06/2018 – 15h

Público: 267 presentes (351 pagantes)

Renda: R$ 4.020

Árbitro: Lucas Estevão

Assistentes: Flávio Manoel da Silva e Rodrigo da Cruz

 

Friburguense: Luiz Felipe, Dieguinho, Sérgio Gomes, Bidu e Ricardo; Damião, Vitinho, Jefinho (Juninho) e Jorge Luiz (Lucas Sales); Ziquinha (Yan) e Lohan.

Técnico: Cadão

 

Serrano: Neguete; Marlon, Rodrigo (Júlio César), Ruan, Juninho (Thalles) Arthur Santos (Pedro Paulo), Magdiel, Índio, Marcelo Macedo e Diego.

Técnico: César Nunes

 

Resultados da 8ª rodada:

Serra Macaense 1 x 3 Gonçalense

Duque de Caxias 2 x 1 Carapebus

Itaboraí 0 x 3 Bonsucesso

Audax 1 x 0 Tigres do Brasil

América 2 x 0 Sampaio Corrêa

Barcelona 1 x 2 Barra da Tijuca

Artsul 1 x 2 Americano

Angra dos Reis 1 x 2 Santa Cruz

Friburguense 2 x 1 Serrano

São Gonçalo 1 x 3 Olaria

 

- Classificação

Grupo A:

1º - Americano,19 pontos

2º - América, 17 pontos

3º - Barra da Tijuca, 17 pontos

4º - Sampaio Corrêa, 12 pontos

5º - Serra Macaense, 11 pontos

6º - Barcelona, 8 pontos

7º - Santa Cruz, 8 pontos

8º - Gonçalense, 7 pontos

9º - Angra dos Reis, 6 pontos

10º - Artsul, 5 pontos

 

- Grupo B:

1º - Friburguense 16, pontos

2º - Tigres do Brasil, 15 pontos

3º - Duque de Caxias, 14 pontos

4º - São Gonçalo EC, 13 pontos

5º - Bonsucesso, 13 pontos

6º - Audax Rio, 12 pontos

7º - Itaboraí, 9 pontos

8º - Olaria, 6 pontos

9º - Serrano, 5 pontos

10º - Carapebus, 1 ponto

 

- Tabela do Frizão

 Taça Santos Dumont:

Audax Rio 1 x 0 Friburguense, Moça Bonita

Friburguense 0 x 1 São Gonçalo, Eduardo Guinle

Duque de Caxias 0 x 1 Friburguense, Marrentão

Friburguense 2 x 1 Itaboraí, Eduardo Guinle

Bonsucesso 1 x 1 Friburguense, Moça Bonita

Friburguense 6 x 2 Carapebus, Eduardo Guinle

Olaria 0 x 1 Friburguense, Rua Bariri

Friburguense 2 x 1 Serrano, Eduardo Guinle

Próximo sábado, 30 – Tigres do Brasil x Friburguense, Los Lários

 

 

TAGS: futebol