Friburgo tem campanha de prevenção contra a sífilis

De 1.262 testes rápidos realizados de janeiro a setembro em unidades de saúde do município, 13,8% resultaram positivos
quarta-feira, 16 de outubro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Friburgo tem campanha de prevenção contra a sífilis

A Secretaria Municipal de Saúde de Nova Friburgo, por meio do Programa Municipal de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST/Aids) e Hepatites Virais, iniciou esta semana a Campanha Municipal de Prevenção à Sífilis e Sífilis Congênita. As ações vão até segunda-feira, 21, com o tema “#Teste, Trate e Cure. #Sífilis Não!”, tem como objetivo lembrar as pessoas sobre a importância da prevenção, do diagnóstico e do tratamento da sífilis. A campanha tem como alvo as gestantes e suas parcerias sexuais, a população sexualmente ativa em geral e profissionais de saúde.

De acordo com o Ministério da Saúde, o Estado do Rio de Janeiro tem as maiores taxas de sífilis adquirida em gestantes e sífilis congênita. Para mudar esse cenário, uma das frentes de ação busca a prevenção, interrompendo a cadeia de transmissão das ISTs, sensibilizando e envolvendo profissionais de saúde, difundindo informações e orientações.

A outra frente visa uma ação crescente e contínua, incentivando a população a realizar, de forma consciente, voluntária e espontânea, a testagem para a doença. Os testes são intensificados durante este período, mas é possível fazer os exames para detectar a IST o ano inteiro. Quando descoberta cedo, o tratamento se torna mais eficaz e é possível, nos casos do diagnóstico em gestantes ainda nos primeiros meses de gravidez, impedir a transmissão à criança.

Os números em Nova Friburgo

Em Nova Friburgo, de janeiro a setembro deste ano, 1.262 testes rápidos de triagem para sífilis foram realizados e, entre eles, 13,8% resultaram reagentes. Pela metodologia de testes rápidos, o diagnóstico pode ser conhecido em menos de 30 minutos com apenas uma gota de sangue (punção digital). O tratamento para a doença é baseado na penicilina G benzatina que, segundo a prefeitura, está disponível em várias unidades de saúde do município.

Entendendo a sífilis

A Sífilis é uma infecção causada pela bactéria (Treponema pallidum) transmitida por relação sexual com pessoa infectada, que é chamada de Sífilis adquirida, ou ainda transmitida para crianças durante a gestação ou parto, chamada de Sífilis congênita. Não existe vacina para a doença, por isso a importância de buscar o tratamento e seguir a principal medida preventiva que é o uso dos preservativos masculino ou feminino.

Dias, locais e horários

Na Policlínica Doutor Sylvio Henrique Braune (Suspiro), o atendimento será feito hoje, 16, das 8h às 11h30; amanhã, 17, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h30 e, na sexta-feira, 18, das 8h às 11h30. Hoje, a testagem rápida de HIV e sífilis será feita nas unidades de saúde de Campo do Coelho, Centenário (Barracão dos Mendes), Riograndina, Nova Suíça e São Geraldo. No dia 17 o atendimento será feito na unidade Olaria III (Amarelinho). No dia 20 será a vez da Estratégia de Saúde da Família (ESF) de Lumiar (no evento Cidade Solidária) e, dia 21, na ESF Terra Nova. O ônibus do Sesc também fará a distribuição de material informativo e preservativos durante toda a semana.

 

TAGS: saúde | vacina