Friburgo retoma vacinação contra gripe, mas apenas para crianças

Durante a campanha nacional de imunização em maio e junho, grupo foi o que teve menor cobertura no município
quarta-feira, 03 de julho de 2019
por Fernando Moreira (fernando@avozdaserra.com.br)
Criança é vacinada no posto do Suspiro (Arquivo AVS)
Criança é vacinada no posto do Suspiro (Arquivo AVS)

 

A Secretaria estadual de Saúde enviou esta semana uma nova remessa de vacinas contra a gripe para Nova Friburgo e o município retomou na última segunda-feira, 1º, a imunização de crianças a partir de seis meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias. Ao todo, foram disponibilizadas 1.000 doses da vacina contra o vírus Influenza para atender, especificamente, às crianças desta faixa etária. Durante a campanha de vacinação que aconteceu entre maio e o início de junho, este foi o grupo prioritário com menor cobertura no município.

A imunização continua, pelo menos até a próxima sexta-feira, 5, em três postos de saúde: Sylvio Henrique Braune (Suspiro), Tunney Kassuga (Olaria) e Waldir Costa (Conselheiro Paulino), sempre das 8h às 16h30. Já na Unidade Básica de Saúde José Copertino Nogueira (São Geraldo), a vacinação infantil contra gripe acontece às terças e quintas-feiras, das 9h às 16h.

Apesar de a vacinação ser exclusiva às crianças, a Secretaria Municipal de Saúde destaca que as doses remanescentes dessa remessa enviada pela Secretaria estadual de Saúde, poderão ser disponibilizadas a população em geral a partir da próxima segunda-feira, 8.

A campanha no município

A campanha nacional de imunização contra a gripe foi encerrada oficialmente no último dia 15 de junho. No total, foram imunizadas 53.244 pessoas em Nova Friburgo, número que corresponde a 97,38% do público-alvo. Entre as crianças, apenas 1.873 doses foram aplicadas, ou seja, apenas 74,21% da meta inicial estabelecida. Por isso, é importante que os pais levem seus filhos dentro da faixa etária indicada para tomar a vacina antes que a aplicação seja encerrada.

Descarte por falha na refrigeração

Apesar de a Secretaria Municipal de Saúde anunciar ter atingido a meta de vacinação contra a gripe, milhares de outros friburguenses que poderiam ter se imunizado contra a gripe e outras doenças ficaram sem as vacinas devido a um defeito no equipamento de refrigeração onde 7.156 doses de diferentes vacinas estavam guardadas, conforme noticiado por A VOZ DA SERRA no último dia 13 de junho.

Do total de vacinas jogadas fora, 1.160 eram para o combate ao vírus da gripe H1N1, doença que provocou a morte de um homem de 65 anos. Esse foi o único caso de morte pela doença registrado em Friburgo este ano. A vítima estava internada no Hospital Municipal Raul Sertã e não havia tomado a vacina contra a gripe.

 

TAGS: vacina | saúde