Friburgo deve ganhar filial de rede atacadista no Curral do Sol

Licença ambiental já foi concedida. Empreendimento terá quase 10 mil metros quadrados de construção
segunda-feira, 28 de outubro de 2019
por Fernando Moreira (fernando@avozdaserra.com.br)
O terreno onde será construído o atacadão (Foto: Henrique Pinheiro)
O terreno onde será construído o atacadão (Foto: Henrique Pinheiro)

 

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano Sustentável concedeu recentemente a licença de instalação, com validade até 14 de outubro de 2024, à empresa Atacadão S.A. para a construção de sua mais nova filial em um terreno na Avenida Governador Roberto Silveira, 100, altura do Curral do Sol, com previsão de 9.379,56 metros de área construída. A informação foi publicada na edição da última sexta-feira, 25, de A VOZ DA SERRA.  

O terreno em questão fica ao lado do pátio de vistoria do Detran-RJ e bem em frente ao trevo de Duas Pedras, numa localização privilegiada, já que fica próximo ao centro da cidade e também do distrito de Conselheiro Paulino. O espaço já foi útilizado em épocas passadas para realização de eventos e a instalação temporárias de circos que passaram pela cidade.  

A rede Atacadão

Fundada em 1962, a rede Atacadão é considerada hoje a maior atacadista do Brasil, reunindo 178 lojas de autosserviço e 27 atacados de distribuição, com atuação nos 26 estados do país e no Distrito Federal. A empresa disponibiliza aos seus clientes uma grande variedade de produtos alimentícios, que totalizam aproximadamente dez mil itens, distribuídos em alimentos em geral, frios e laticínios, hortifrutigranjeiros, bebidas, conservas e enlatados, doces e biscoitos, higiene pessoal, limpeza, bazar, produtos da linha pet, automotivo, entre outros. 

A empresa visa atender aos mais diversos nichos do mercado, como supermercados, drogarias, hotéis, pousadas, restaurantes, padarias e pequenos comércios no geral. O Atacadão atende também a comerciantes, revendedores, transformadores e grandes consumidores que podem adquirir suas mercadorias comprando em embalagens fechadas, intermediárias ou unidades.

 

TAGS: negócios