Firjan regional homenageia empresários da família Arp

Reconhecimento foi pela gestão inovadora à frente do Espaço Arp, que transformou antiga fábrica de rendas em complexo empresarial e comercial
quinta-feira, 12 de dezembro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Firjan regional homenageia empresários da família Arp

Líderes de um dos principais empreendimentos de Nova Friburgo na atualidade, os irmãos empresários Eduardo e Pedro Arp, foram homenageados pelo Conselho Empresarial da representação regional da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) no  Centro-Norte Fluminense. O reconhecimento foi pela gestão inovadora à frente do Espaço Arp que transformou a ociosidade física dos prédios da antiga fábrica de rendas em um complexo empresarial e comercial, no Paissandu. Eduardo e Pedro foram homenageados com uma placa entregue pela Firjan durante reunião do Conselho Empresarial da representação regional na última semana.

Os empresários são os responsáveis por dar novo destino a uma das principais indústrias da história do município, a centenária Fábrica de Rendas Arp, que encerrou as atividades em 2007. O espaço foi redesenhado e ganhou múltiplos usos se tornando um condomínio de empresas, contribuindo para o desenvolvimento econômico e social da região. O presidente da Firjan Centro-Norte, Carlos Eduardo de Lima, ressaltou a importância do empreendimento, já que disponibiliza para as indústrias um local de excelente localização e estrutura: “É um ambiente ideal para as empresas que se encaixam na nova economia. Vale lembrar da capacidade dos empresários que estão à frente deste projeto e enxergaram além das dificuldades impostas pela crise econômica e se reinventaram propondo um novo negócio promissor. A família Arp teve a coragem de inovar e deixar para trás velhas práticas e se colocar mais uma vez e no papel de ser o pioneiro na forma de empreender”, destacou o empresário.

“É uma honra receber essa homenagem da Firjan e agradeço aos parceiros e colaboradores, que nos ajudam a construir o sonho de transformar a antiga fábrica num complexo imobiliário multi-uso, gerando centenas de empregos, crescimento e oportunidade de negócios para Nova Friburgo e região”, destacou Pedro Arp.

A antiga fábrica de rendas 

A fábrica Arp iniciou suas atividades em junho de 1911 com o empresário Peter Julius Ferdinand Arp, que recém-chegado à cidade comprou a Companhia Elétrica, permitindo a expansão da rede e o funcionamento do maquinário vindo da Europa. A iniciativa incentivou a instalação de outras indústrias, transformando Nova Friburgo em uma das principais cidades do interior do Rio. 

Na década de 1980 a fábrica alcançou 1.300 funcionários. Entre 2001 e 2005 foi reconhecida quatro vezes como melhor indústria têxtil do Estado do Rio, além de ter se tornado referência nacional no setor e líder nas Américas no mercado de bordados. Nos anos seguintes a concorrência internacional atingiu os planos da direção da fábrica. Em 2011, ano do seu centenário, a fábrica foi uma das vítimas das enchentes e encerrou suas atividades. Hoje o espaço abriga um complexo empresarial com indústrias, empresas, universidades, cursos e serviços reunindo 130 empresas com perspectiva de chegar a 300 até 2022.

 

TAGS: