Feira de Adoção na Estação conseguiu novo lar para 40 cães

Metade dos 80 animais oferecidos foi adotada no último sábado
sábado, 08 de dezembro de 2018
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
Alguns dos cachorrinhos à espera de novos donos (Fotos: Guilherme Alt)
Alguns dos cachorrinhos à espera de novos donos (Fotos: Guilherme Alt)

Com direito a muitos latidos, lambidas e abanadas de rabo, a Estação Livre foi palco neste sábado, 8, de mais uma Feira de Adoção Animal, promovida pela Subsecretaria de Bem-Estar Animal (Subbea), da Prefeitura de Nova Friburgo. Dos cerca de 80 animais oferecidos, entre filhotes e veteranos, nada menos que 40 foram adotados.

Nesta 9ª edição da feira, que traz a temática do Natal, em apenas uma hora de duração mais de dez cães foram adotados.  “É a última chamada do ano. As pessoas vão ter a oportunidade de encontrar um presente assim: que irá te encher de amor, carinho e alguns pelinhos na roupa”, brincou a subsecretária Monique Malhard.

Durante o evento, petshops e empresas ligadas à causa animal participaram comercializando seus produtos e fazendo uma boa ação, como expliou o empresário Cássio Caçador (foto). “Nós somos fabricantes de produtos voltados para animais e trabalhamos também com a venda final. Durante todo o dia, principalmente quem for adotar um cãozinho hoje, já pode sair daqui com alguns mimos para o novo mascote. Vamos reverter 20% das vendas para ONGs, abrigos e medicamentos, além de incentivar cada vez mais essa boa ação”.

Assim como nas edições anteriores, os cãezinhos disponíveis para adoção estavam sendo cuidados em abrigos e por grupos de proteção. Ainda segundo Monique, a feira tem contribuído para que os peludinhos não só de Nova Friburgo, mas também de municípios vizinhos, encontrem um lar: “Nossa expectativa nesta 9ª edição é a melhor possível. Organizamos essa campanha de adoção e desde a primeira feira deu muito certo. Cada vez mais pessoas nos procuram para levar os animais que resgatam para serem adotados, e temos contribuído com toda a região”, disse a subsecretária.

Os cãezinhos adotados já saem com seus novos donos vacinados e microchipados, por meio da participação voluntária da veterinária da Ssubea. Para ser um candidato a adoção é preciso apresentar um documento de identidade, com foto, e o comprovante de residência. Os interessados passam por uma entrevista, na qual é verificada a possibilidade de atender esses lindos peludinhos com muito amor e cuidados. Depois disso é feito o cadastro e então o sortudo companheiro de quatro patas ganha seu microchip, através do qual é possível saber seus dados, como identificação dos donos e data que foi adotado.

Os cães com mais de seis meses já são castrados, uma ação realizada pela própria subsecretaria, quanto aos filhotes é feita a orientação para que seja feita a castração quando passarem dos cinco meses de vida.

Para Monique, ao longo do ano, a campanha mostrou que existem muitas pessoas responsáveis, que desejam a adoção e que se sentem motivadas a isso pelo trabalho desenvolvido. “Na última campanha nós tivemos um recorde de adoções. Claro que o número não é o nosso foco, nosso objetivo é encontrar um lar feliz para esses peludinhos. Mas mesmo com todo o rigor aplicado para que seja feita a adoção, é bom ver que o interesse da pessoas só cresce. Estamos contentes com esse resultado e ano que vem continuaremos a campanha”, afirmou.

 

TAGS: pets