Fábrica Filó ganha o Prêmio Rio Export 2018

Reconhecimento é feito anualmente pela Firjan às empresas que mais se destacam com exportações
sábado, 22 de setembro de 2018
por Jornal A Voz da Serra
O prêmio foi entregue por Pedro Spadale, gerente internacional da Firjan ao supervisor de produção da Filó, Wanderson Duarte (Foto: Vinícius Magalhães)
O prêmio foi entregue por Pedro Spadale, gerente internacional da Firjan ao supervisor de produção da Filó, Wanderson Duarte (Foto: Vinícius Magalhães)

A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) homenageou na última semana 14 empresas que se destacaram nas exportações em 2017. Em sua 21ª edição, o Prêmio Rio Export 2018 contemplou 14 empresas fluminenses que se destacaram internacionalmente em diferentes mercados, desde produtos básicos até a indústria criativa. A fábrica Filó S/A, fundada em 1966, em Nova Friburgo, foi o destaque em exportações da representação regional Centro-Norte da Firjan, pelas vendas de moda íntima.

Carlos Mariani Bittencourt, vice-presidente da Firjan, destacou que a premiação demonstra a diversidade da pauta exportadora do estado do Rio, servindo de inspiração para todas as indústrias locais. “Por meio do prêmio, queremos valorizar e estimular o desempenho das indústrias do estado nas relações com o mercado externo”, frisou. O evento foi realizado na Casa Firjan, em Botafogo, na zona sul carioca, e contou com palestra do diretor geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, que apresentou sua visão sobre o futuro do comércio internacional. 

Criado em 1998, o Rio Export é entregue anualmente às empresas fluminenses que mais se destacaram em diversas categorias, de acordo com o desempenho na atividade exportadora retratado nos números oficiais da Secretaria de Comércio Exterior (Secex). Cláudia observa que a ação contemplou empresas de diferentes setores e níveis tecnológicos, o que demonstrou a diversidade e a especialização da pauta exportadora do estado.

“Com essa premiação, temos o objetivo de fortalecer a cultura exportadora do Rio ao destacar que o comércio internacional é boa opção para diversificar mercados, principalmente diante da crise”, ressalta Cláudia Teixeira, especialista em Comércio Exterior da Gerência Internacional da Firjan. Ao longo dos últimos 21 anos, mais de 70 empresas foram premiadas nas 14 categorias.

TAGS: