Estudante friburguense disputará nacional da Olimpíada de Língua Portuguesa

Cidade sedia a partir deste domingo Olimpíada internacional de Matemática
sábado, 02 de novembro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Kaylane é aluna do 6º ano do Colégio Municipal Dermeval Barbosa Moreira (Divulgação)
Kaylane é aluna do 6º ano do Colégio Municipal Dermeval Barbosa Moreira (Divulgação)

A estudante Kaylane Vieira Pacheco, de 12 anos, aluna do 6º ano do ensino fundamental do Colégio Municipal Dermeval Barbosa Moreira, no bairro Olaria, disputará a final da etapa nacional da 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa. Na última quarta-feira, 30 de outubro, a menina venceu a semifinal da competição pela Região Sudeste, sendo uma das duas únicas representantes do Estado do Rio de Janeiro. Ela foi  premiada com uma medalha de prata na categoria “Memórias Literárias”.

A representante friburguense foi acompanhada pela professora Josenilda Martins Klein durante todo o processo de classificação em São Paulo, viajou de avião e ficou hospedada em um hotel, tudo patrocinado pela Fundação Itaú, por meio da Comissão da Olimpíada de Língua Portuguesa. A estudante de Nova Friburgo, agora, vai para a final da etapa nacional, que acontecerá no próximo dia 28, em São Paulo, quando serão selecionados 28 alunos e seus professores. A premiação será no dia 9 de dezembro.  

Muito orgulhosos, os pais de Kaylane, Hercília Vieira e Cristiano dos Santos Victorino Pacheco, demonstram alegria pela conquista da filha, assim como toda a equipe do Colégio Dermeval Barbosa Moreira e da Secretaria Municipal de Educação. Com o brilhante resultado em São Paulo, o prefeito Renato Bravo, além da torcida pela aluna da rede municipal, a recebeu em seu gabinete, na tarde da última quinta-feira, 31 de outubro, após a menina voltar da capital paulista.

Olimpíada de Matemática

 

 partir deste domingo, 3, até a próxima sexta-feira, 8, Nova Friburgo sediará a 9ª Olimpíada de Matemática da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (OMCPLP), evento que vai envolver mais de 30 jovens estudantes de até 18 anos, selecionados exclusivamente por seu talento para representar, junto a seus professores, os oito países de expressão portuguesa: Brasil, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste.

Cada um dos oito países contará com quatro alunos que se classificaram após disputas nacionais. O Brasil estará representado por quatro estudantes, sendo um deles o friburguense Pedro Lengruber Lack, 15 anos. Os outros brasileiros são de Fortaleza-CE (Davi Gabriel Bandeira Coutinho e Caio Hermano Maia de Oliveira) e do Rio de Janeiro-RJ (Rodrigo Salgado Domingos Porto). Todos foram premiados no nível dois da 40ª Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM).

A cerimônia de abertura do evento, além das provas internacionais acontecerão no Educandário Miosótis. Já o encerramento do evento será no teatro do Nova Friburgo Country Clube. Alunos e professores participantes da competição ficarão hospedados na Casa do Velho Marinheiro, no Sanatório Naval de Nova Friburgo.

A competição

A Olimpíada de Matemática da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa teve início em julho de 2011, em Coimbra, Portugal, com a designação de Olimpíadas de Matemática da Lusofonia. No ano seguinte, a designação foi alterada para a atual em virtude do apoio expresso da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). A disputa é organizada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).

A OMCPLP é uma competição entre jovens estudantes de países de língua portuguesa, cujos objetivos são a melhoria da qualidade do ensino e a descoberta de talentos em matemática, fundamental para o desenvolvimento científico e tecnológico; o incentivo ao estudo da matemática nos países lusófonos; a criação de uma oportunidade para a troca de experiências educacionais nacionais; e a união e cooperação entre os países lusófonos para a criação de instrumentos que permitam a competição de alunos numa olimpíada internacional para os países de língua portuguesa.

O Brasil na OMCPLP

Participante de todas as edições da Olimpíada de Matemática da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, o Brasil sediou a competição em duas oportunidades: Salvador-BA (2012) e Fortaleza-CE (2016), conquistando, desde então, um total de 32 medalhas, sendo 13 de ouro, 18 de prata e uma de bronze. Será que vem mais uma medalha dourada por aí?

 

TAGS: