Empresários de Nova Friburgo consolidam relações com Portugal

Grupo foi recebido pela Associação Empresarial de Covilhã e autoridades de diversas cidades da região
sábado, 03 de agosto de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Durante a viagem, o presidente da Câmara de Nova Friburgo, Alexandre Cruz, firmou parcerias com autoridades lusitanas (Fotos: Divulgação)
Durante a viagem, o presidente da Câmara de Nova Friburgo, Alexandre Cruz, firmou parcerias com autoridades lusitanas (Fotos: Divulgação)
O presidente e o diretor executivo da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Nova Friburgo (Acianf), Júlio Cordeiro, e Roosevelt Concy, presidente do Nova Friburgo Country Clube, respectivamente, visitaram Portugal, em julho, juntamente com o prefeito de Nova Friburgo, Renato Bravo, o presidente da Câmara Municipal de Nova Friburgo, Alexandre Cruz, e o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Sincomércio, Braulio Rezende. 

Contatos comerciais, industriais, culturais e educacionais devem firmar novas parcerias
O grupo conheceu várias fábricas locais e empresários de diversos segmentos, como, estamparia, adegas, laticínios, moda, universidades, escolas, entre outros. Um dos objetivos da viagem foi promover o intercâmbio cultural entre portugueses e friburguenses, além de fomentar o comércio de importação. 

A convite da Câmara de Belmonte e da Associação Empresarial e do Concelho de Covilhã, Belmonte e Penamacor, Júlio e Roosevelt conheceram a região da Cova da Beira, na Serra da Estrela.

Do roteiro constou também visitas à Câmara Municipal, à Universidade da Beira Interior, empresas e complexos como os hoteleiros e de confecção, em Belmonte, e a Escola Profissional Agrícola Quinta da Lageosa. 

Segundo o presidente da Acianf, “o desenvolvimento de Portugal nas áreas industrial e turística é impressionante. Sem dúvida, podemos trazer toda essa experiência para Nova Friburgo”.  Ele destacou, ainda, a superação de Portugal em relação à indústria têxtil. 

“Covilhã chegou a ter mais de 300 fábricas, mas por conta da concorrência, principalmente chinesa, esse número caiu vertiginosamente. Atualmente, são 5 ou 6 indústrias, mas a produção destas é muito mais significativa e maior do que anteriormente. Isso devido ao uso da tecnologia, inovação e qualificação da mão de obra. Nova Friburgo pode se beneficiar e aprender com as lições de Portugal”.

Nesse encontro foi firmada a intenção de estreitamento de laços entre os municípios, fomentando parcerias e projetos focados no desenvolvimento econômico e empresarial das regiões em questão. 

Segundo Roosevelt Concy, há ainda a intenção de promover um fórum empresarial em 2020, em Nova Friburgo. A ideia é que as empresas visitadas e todas as outras da região façam parte do evento para que a troca de experiências seja ainda mais forte e significativa.  

Uma parceria que promete

“A visita teve dois momentos: o primeiro em Santo Tirso, a convite oficial do Concelho, para participarmos dos festejos comemorativos da cidade de São Bento, do encontro de oito cidades geminadas e os 30 anos de irmanação com Nova Friburgo. Visitamos indústrias, equipamentos públicos e comparecemos a várias solenidades. 

Num segundo momento, eu (Roosevelt Concy) e Júlio (Cordeiro) fomos à Serra da Estrela, onde, durante três dias, fizemos visitas técnicas a universidades, quintas de vinhos, indústrias, além de encontros com empresários do setor hoteleiro, centro tecnológico, escola agrícola e novos modelos de negócios turísticos, sempre acompanhados de líderes empresariais.

Propusemos um Fórum de Desenvolvimento Integrado Brasil-Portugal, para 2020, quando receberemos empresários e personalidades daquelas regiões visitadas. Acertamos a apresentação de seus cases de sucesso e a troca de experiências com o nosso empresariado local. 

Há muitas semelhanças entre as cidades, principalmente no setor fabril, vestuário e têxtil. Desta forma, pretendemos possibilitar a integração econômica como importação e exportação, e cultural, com a criação de um roteiro onde possamos receber portugueses da região do Porto e da Beira (Serra da Estrela), para incrementar o turismo em Nova Friburgo e região serrana”, relatou Roosevelt.

Contatos e tratados de cooperação

O presidente da Câmara de Vereadores, Alexandre Cruz, antes de seguir para Portugal, cumpriu agenda de atividades em viagem oficial à Suíça, a convite da Associação Fribourg, junto a autoridades daquele país. 

Segundo ele, a viagem foi resultado de um processo iniciado há cerca de três anos para comemorar a chegada dos primeiros colonos suíços a Nova Friburgo. Cruz visitou as cidades de Bulle, Fribourg, Gruyères e Estavayer-Le-Lac, e integrou uma delegação de friburguenses composta por cerca de 60 pessoas de várias entidades da cidade, inclusive da colônia suíça. 

Em seguida, Alexandre Cruz partiu para Portugal onde estabeleceu contatos comerciais, industriais, culturais e educacionais juntamente com os presidentes da Acianf, Júlio Cordeiro, da CDL, Braulio Rezende, e do Nova Friburgo Country Club, Roosevelt Concy, além de representantes da área comercial friburguense. A comitiva participou da comemoração dos 30 anos da irmanização das cidades de Nova Friburgo e Santo Tirso, e da sessão solene em homenagem ao município fluminense. 

Alexandre Cruz se encontrou com empresários e tratou de comércio exterior entre os municípios de Covilhã e Belmonte. O presidente do legislativo também assinou um tratado com a cidade Penacova, que já realizou intercâmbio com a Banda Campesina Friburguense.  

Intercâmbio deve gerar novos frutos

Como representante do setor comercial, o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e do Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio) de Nova Friburgo, Braulio Rezende participou da celebração dos 30 anos do acordo de geminação com o município de Santo Tirso. Braulio disse que a intenção era tornar efetivo o intercâmbio, que passou longo tempo esquecido, sem gerar frutos.

“Pensamos em promover a aproximação entre as duas cidades, e nossa visita serviu para expandir frentes de negócios. Em Santo Tirso, polo da indústria têxtil, fizemos contatos com empresas que podem vir a ser nossas parceiras”, comentou.

Braulio Rezende observou que a conclusão recente do Acordo de Associação Mercosul–União Europeia vai facilitar as transações comerciais entre o Brasil e os países do bloco, incluindo Portugal, o que favorecerá o relacionamento com Santo Tirso.

“Conhecemos, por exemplo, uma indústria que confecciona vestidos para a marca Carolina Herrera e outra que fabrica tecidos tanto para roupas quanto para artigos de casa da espanhola Zara. Foi uma viagem fértil, durante a qual tentamos abrir a possibilidade de trazer produtos de Portugal para o nosso comércio e mandar produtos de Nova Friburgo para lá”, destacou o presidente da CDL e do Sincomércio.

Foto da galeria
TAGS: intercâmbio