Dia Nacional do Artesão - 19 de Março

Das diferenças entre artesanato e trabalho manual
sábado, 23 de março de 2019
por Jornal A Voz da Serra
(Fotos: Henrique Pinheiro)
(Fotos: Henrique Pinheiro)

Artesanato é o próprio trabalho manual, utilizando-se de matéria prima natural ou produção de um artesão. Com a mecanização da indústria, o artesão é identificado como aquele que produz objetos oriundos da chamada cultura popular, de caráter familiar.

Pode ser erudito, popular e folclórico e se manifesta de várias formas: cerâmica, funilaria popular, trabalhos em couro e chifre, trançados e tecidos de fibras vegetais e animais, fabrico de farinha de mandioca, monjolo de pé de água, engenhocas, instrumentos de música, tintura popular.

Também encontram-se nas pinturas e desenhos primitivos, esculturas, madeiras, pedra-guaraná, cera, miolo de pão, massa de açúcar, bijuteria, renda, filé, crochê, papel recortado para enfeite, entre outros. Mas, não é fácil fazer uma distinção correta entre o que seja artesanato ou trabalho manual e há muitas dúvidas sobre suas diferenças.

No entanto, simplificando, artesanato, nada mais é do que o produto resultante de um trabalho de predominância manual, sendo que da totalidade de suas etapas de produção deverão ser 80% ou mais, produto da transformação de matéria prima, que deverá ser feita pelo próprio artesão. Este trabalho deverá refletir a criatividade e habilidade do artesão, além de possuir características culturais ou outras que possam identificar cada peça como sendo única.

Já o manual é o produto obtido de atividade exclusivamente feita a mão ou então que faça uso de máquinas simples. A grande diferença entre o artesanato e o trabalho manual se encontra no tipo de material: aqui não precisa ser matéria prima transformada, nem ter características culturais específicas. Também não exige exclusividade, não necessitando, portanto, que seja peça única. É realizado a partir de montagens, com peças industrializadas ou produzidas por outras pessoas.

TAGS: artesanato