Dia D do Parlamento Juvenil tem atividades em Friburgo

Objetivo do projeto é aproximar jovens da Alerj para ampliar consciência política e formar novas lideranças
segunda-feira, 27 de maio de 2019
por Jornal A Voz da Serra
V fala para os jovens (Divulgação)
V fala para os jovens (Divulgação)

Estudantes do 1º e 2º ano do ensino médio do Colégio Estadual Jamil El-Jaick participaram na manhã desta segunda-feira, 27, do Dia D de divulgação do Parlamento Juvenil 2019, projeto da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), em parceria com a Secretaria de Estado de Educação. As inscrições para a participação dos jovens no projeto estão abertas no site www.parlamento-juvenil.rj.gov.br e vão até 7 de junho.

A ação aconteceu simultaneamente nos 92 municípios do estado do Rio. Em Nova Friburgo, o Dia D do Parlamento Juvenil foi promovido pelo ex-deputado Wanderson Nogueira, atual gestor do projeto. O responsável pelo Parlamento Juvenil é o deputado Renan Ferreirinha (PSB).

“Conseguimos mostrar com o Parlamento Juvenil que esse protagonismo dos jovens dá bons resultados. Hoje, quatro leis em vigor no estado são de autoria de parlamentares juvenis. Queremos continuar com esse trabalho demonstrando que o lugar onde ideias ganham voz é no Parlamento Juvenil. Vivemos um momento de criminalização da política e isso acaba afetando a juventude. Mas, de 2015 até a última edição do projeto, no ano passado, houve uma grande ampliação no número de inscritos. E isso é muito positivo”, comemorou Wanderson Nogueira.

O objetivo do projeto é aproximar os jovens do parlamento fluminense, ampliar a consciência política, formar novas lideranças e oferecer a oportunidade de estudantes da rede estadual de ensino, de 14 a 17 anos, do 1º e 2º ano do ensino médio, defenderem projetos no plenário da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. “É a primeira vez que vou participar do Parlamento Juvenil. Acredito que nós jovens precisamos ter voz ativa e uma visão mais crítica. Muitas vezes o jovem só quer saber de internet e do mundo virtual, se fechando para a realidade”, revelou João Pereira da Silva, estudante, de 15 anos.

A programação

A edição 2019 do Parlamento Juvenil ainda contará com cursos, oficinas, programações culturais, além das atividades parlamentares. Após as inscrições, os alunos passarão pelo processo eleitoral. O primeiro turno nas escolas ocorrerá no dia 13 de junho. É quando os representantes das escolas serão escolhidos. Já o segundo turno, quando concorrem entre si todos os candidatos da cidade, acontece entre os dias 4 a 7 de julho com votação online.

Os três municípios com maior número de inscritos poderão ocupar duas cadeiras no Parlamento Juvenil. A capital, devido ao grande número de habitantes, já ocupa três cadeiras. O total será de 97 jovens ao todo na semana de culminância do projeto.

 

TAGS: