Delegacia vai apurar denúncia de maus-tratos a gato

Supermercado afasta funcionário acusado de crueldade. Caso gera forte repercussão nas redes sociais
segunda-feira, 05 de agosto de 2019
por Jornal A Voz da Serra
O gato supostamente agredido sendo resgatado por funcionários do supermercado (Reprodução da web)
O gato supostamente agredido sendo resgatado por funcionários do supermercado (Reprodução da web)

Provocou grande repercussão nas redes sociais a denúncia de maus-tratos a um gato, por parte de um funcionário, nas dependências do supermercado Serra Azul, em Conselheiro Paulino no último domingo, 4. A subsecretária do Bem-Estar Animal de Nova Friburgo, Monique Malhard, está coletando informações sobre o caso e já encaminhou um ofício para a 151ª DP pedindo a apuração rigorosa dos fatos. A Subea também vai encaminhar um ofício à empresa solicitando esclarecimentos.

Em comunicado divulgado ainda no domingo, a direção do supermercado Serra Azul informou que está apurando a denúncia para a devida punição. O funcionário foi afastado provisoriamente. Segundo o estabelecimento, as denúncias de crueldade não foram confirmadas nem por imagens de vídeo nem pelas testemunhas ouvidas e o animal continua saudável e circulando nos arredores da empresa. Segundo a nota, o funcionário reconheceu, no entanto, ter perseguido e “atingido” o animal, com a intenção de evitar risco à segurança sanitária dos clientes, e pediu desculpas pelo “excesso de energia utilizado”.

Em contato com A VOZ DA SERRA, a empresa declarou que tem uma história de compromisso com a responsabilidade social e as melhores práticas de cidadania e jamais será conivente com qualquer malfeito de algum de seus colaboradores.

A Prefeitura de Nova Friburgo, por meio da Subsecretaria de Bem-Estar Animal, disse repudiar o ato de covardia. "Nos últimos anos, o governo municipal vem desenvolvendo um trabalho de amor e acolhimento aos animais, sendo radicalmente contra qualquer ato de violência", diz a nota.

 

TAGS: PET