Consórcio Intermunicipal de Saúde tem novo comando

CIS-Serra será presidido pelo prefeito de Cordeiro, Luciano Batatinha, que terá como vice o prefeito de Teresópolis, Vinícius Claussen
terça-feira, 26 de novembro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
O prefeito de Cordeiro (ao centro) foi eleito por unanimidade para gerir o CIS-Serra por um ano
O prefeito de Cordeiro (ao centro) foi eleito por unanimidade para gerir o CIS-Serra por um ano

Unir os municípios e fortalecer as políticas públicas que resultem em ações de saúde rápidas e eficazes em favor da população. Essas são as finalidades básicas do  Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Serrana (CIS-Serra), que reúne os municípios de Nova Friburgo, Bom Jardim, Cachoeiras de Macacu, Cantagalo, Carmo, Cordeiro, Duas Barras, Guapimirim, Macuco, Petrópolis, Santa Maria Madalena, São José do Vale do Rio Preto, São Sebastião do Alto, Sumidouro, Trajano de Moraes e Teresópolis. A entidade tem agora novo presidente: o prefeito de Cordeiro, Luciano Batatinha, eleito por unanimidade, em reunião realizada na última sexta-feira, 22, no município de Bom Jardim.

Batatinha terá como vice, o prefeito de Teresópolis, Vinícius Claussen, que aderiu ao consórcio depois da aprovação de uma lei pela Câmara de Vereadores de seu município. O mandato da nova diretoria do CIS-Serra terá início na próxima segunda-feira, 2 de dezembro, e irá até 31 de dezembro de 2020. Ao fim da eleição ficou acertado que o primeiro encontro, já sob coordenação dos novos dirigentes, acontecerá no Centro Cultural Ione Pecly, em Cordeiro, no dia 2 de dezembro. “Estou convicto de que essa união de forças fará o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Serrana avançar e encontrar soluções comuns aos problemas vividos por todos nós”, aposta Batatinha.

O novo presidente eleito do CIS-Serra, relatou que a sua recente viagem a Brasília poderá se transformar em um marco para o consórcio, já que ele se reuniu na capital federal com o vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, e outras autoridades do Senado Federal e Câmara de Deputados, e ouviu de todos a promessa de inclusão de emendas e recursos no orçamento da União para 2020 que poderão ser convertidas em aportes à manutenção do consórcio.

TAGS: saúde