Com chances de classificação, Frizão encara o Campos e seca o Serra Macaense

Além de vencer seu compromisso neste sábado, Tricolor precisa torcer contra o Serra Macaense
sábado, 20 de julho de 2019
por Vinicius Gastin (esportes@avozdaserra.com.br)
Com chances de classificação, Frizão encara o Campos e seca o Serra Macaense

O Friburguense, de fato, não depende mais apenas das próprias forças para chegar às semifinais do Campeonato Carioca da Série B1. No entanto, para quem há duas rodadas estava praticamente descartado na disputa pela classificação, chegar à rodada final do primeiro turno ainda vivo significa quase que uma permissão para sonhar.

O primeiro passo é vencer o Campos neste sábado, 20, às 15h, no estádio Ubirajara Reis, em Casimiro de Abreu. Às 12h45, os juniores das duas equipes se enfrentam no mesmo local. No Sub-20, o Frizão já não possui chances de avançar.

O Tricolor da Serra precisa ainda, de preferência, torcer por um tropeço do Serra Macaense contra o Barra da Tijuca (jogo no Norte Fluminense) para chegar às semifinais da Taça Santos Dumont. Outra possibilidade é golear o roxinho e o Serra vencer por um placar pequeno, tirando assim a diferença de saldo de gols.

O Campos depende também de uma vitória, enquanto o Serra torce por um tropeço do time campista diante do Frizão. O Duque de Caxias corre por fora: precisa vencer o Bonsucesso, torcer pelo empate entre Friburguense e Campos e por pelo menos um empate do Serra Macaense.

No grupo A, Goytacaz, América, Gonçalense e Olaria brigam por duas vagas. Apenas o Bonsucesso já se garantiu nas semifinais do primeiro turno da B1. “A gente sabia como era importante conquistar essas duas últimas vitórias para continuar vivo e chegar na semifinal. Conseguimos atingir o nosso objetivo que eram os seis pontos, e agora temos que buscar a vitória na última rodada contra o Campos”, resume o lateral Dieguinho.

Busca pelo time ideal

O Friburguense entrou em campo sete vezes pela Série B1 do Campeonato Carioca. E com um detalhe: em todas elas, o técnico Cadão jamais repetiu a escalação titular, seja por problemas de lesão (à exemplo de Bidu, Wallace e Dedé), suspensão ou, especialmente, opção.

Murillo e Gustavo, por exemplo, revezaram a titularidade na lateral direita, até a chegada de Diego Ibraim (o Dieguinho), que deverá tomar conta da posição. Na zaga, a dupla Bidu e Júlio César foi desfeita por conta da contusão do capitão, e Bruno Leal ganha espaço. No meio, Dieguinho perdeu espaço para Raniel, e no ataque, Rodrigo deu lugar a Dedé.

“Tivemos dois bons resultados nos últimos jogos. E apesar das mudanças que a gente teve dentro da equipe por ordem médica e cartão vermelho, principalmente lá atrás, conseguimos nos encontrar bem taticamente e tecnicamente nestes dois últimos jogos, mas ainda não temos uma equipe ideal”, avalia o técnico Cadão.

E nessa busca pela formação, o treinador ganhou duas opções interessantes: o meia Jefinho e o atacante Maycon Douglas. Ambos já podem ser relacionados para este último compromisso pela Santos Dumont. Na visão de Cadão, a disputa por posições é saudável, e mostra que há boas opções para definir o time titular.

“Temos um grupo bom, de qualidade e que todos têm condição de estar atuando. Esse grupo que começou jogando esses dois últimos jogos entendeu bem, conseguiu essas duas vitorias e a gente espera que possa alcançar mais resultados positivos”, acredita o técnico.

 

A 9ª rodada

Sábado, 20, às 15h

- Angra dos Reis x São Gonçalo, Jair Toscano

- Audax x Gonçalense, Moça Bonita

- Olaria x Sampaio Corrêa, Rua Bariri

- Goytacaz x Nova Cidade, Ary de Oliveira

- América x Artsul, Giulite Coutinho

- Serra Macaense x Barra da Tijuca, Antônio Medeiros

- Campos x Friburguense, Ubirajara Reis

- Duque de Caxias x Bonsucesso, Marrentão

- Serrano x Itaboraí, Atílio Marotti

 

Classificação

Grupo A

1º – Goytacaz, 16 pts

2º - América, 15 pts

3º - Gonçalense, 15 pts

4º – Olaria, 13 pts

5º - Sampaio Corrêa, 11 pts

6º – Audax, 11 pts

7º - Nova Cidade, 8 pts

8º - Artsul, 8 pts

9º – São Gonçalo, 6 pts 

10º - Angra dos Reis, 4 pts

 

Grupo B

1º – Bonsucesso, 19 pts

2º - Campos, 12 pts (3V*, SG**: 2)

3º – Serra Macaense, 10 pts (3V, SG: 1)

4º - Friburguense, 10 pts (3V, SG: -2)

5º - Duque de Caxias, 10 pts (2V, SG: 4)

6º - Tigres do Brasil, 8 pts

7º - Serrano, 8 pts

8º - Barra da Tijuca, 6 pts

9º - Itaboraí, 4 pts

*Número de vitórias

**Saldo de gols

 

Tabela do Frizão - Taça Santos Dumont

Friburguense 0 x 0 Duque de Caxias, Eduardo Guinle

Serrano 1 x 0 Friburguense, Atílio Marotti

Friburguense 1 x 0 Itaboraí, Eduardo Guinle

Bonsucesso 1 x 0 Friburguense, Moça Bonita

Barra da Tijuca 4 x 1 Friburguense, Conselheiro Galvão

Friburguense 3 x 2 Tigres, Eduardo Guinle

Serra Macaense 1 x 2 Friburguense, Ferreirão

Sábado, 20 - Campos x Friburguense, Ubirajara Reis

TAGS: futebol