CDL pede ao 11º BPM reforço no policiamento das ruas no Natal

Lojas podem estender horário de funcionamento até 22h entre os dias 12 e 24, inclusive aos domingos
terça-feira, 03 de dezembro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
CDL pede ao 11º BPM reforço no policiamento das ruas no Natal

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e do Sincomércio, Braulio Rezende, enviou ofício ao comandante do 11º BPM, coronel Paulo Roberto das Neves Junior, solicitando que a unidade intensifique o policiamento nas ruas de Nova Friburgo neste mês de dezembro, com vistas a aumentar a segurança do comércio que funcionará em horário ampliado e dos consumidores que farão suas compras de Natal nas lojas da cidade.

“O policiamento ostensivo se mostra indispensável nesta época do ano, já que habitualmente cresce o movimento nas ruas, no comércio e nas agências bancárias. Os consumidores, que passam a circular com mais dinheiro e sacolas de compras, ficam vulneráveis a assaltos e roubos”, argumentou Braulio, que completou: “O 11º Batalhão tem sido nosso parceiro e entendido a necessidade da presença maciça de policiais nas ruas nas semanas que antecedem o Natal”, finalizou.

Lojas podem estender horário

O comércio friburguense está autorizado a estender seu horário de funcionamento até o dia 24 de dezembro, véspera de Natal. A permissão está valendo desde a última segunda-feira, 2, e consta da convenção coletiva da categoria, firmada entre o Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio) e o Sindicato dos Empregados no Comércio de Nova Friburgo, que prevê, entretanto, assinatura de termo de adesão para ampliação do horário.

As lojas podem permanecer abertas até 20h até o dia 11 e até às 22h do dia 12 ao dia 24. O comércio tem ainda autorização para estender o horário até 22h nos domingos 8, 15 e 22 de dezembro e para funcionar a partir das 9h nos dias 2, 9, 16 e 23 (segundas-feiras), quando normalmente é respeitada na cidade a chamada semana inglesa.

Na opinião do presidente do Sincomércio, Braulio Rezende, o horário especial contribui para as lojas incrementarem suas vendas, ao mesmo tempo em que motiva os consumidores a comprarem em Nova Friburgo, fazendo o dinheiro girar dentro da cidade.

“Outro dado importante é que o nosso comércio atrai, além de moradores da região vizinha, consumidores de municípios mais distantes, como Campos, Itaperuna, Itaocara, Miracema e Rio das Ostras, por exemplo. Verificamos isso pelas consultas realizadas nos meses de dezembro dos anos anteriores ao SPC (Serviço de Proteção ao Crédito)”, revela Braulio, que também preside a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Nova Friburgo.

 

 

TAGS: Natal