Cães friburguenses viram estrelas nas redes sociais

Pets se tornam influenciadores digitais, modelos e embaixadores de marcas e produtos
sábado, 25 de agosto de 2018
por Paula Valviesse (paula@avozdaserra.com.br)
Tod: quase 13 mil seguidores no Instagram (Arquivo pessoal)
Tod: quase 13 mil seguidores no Instagram (Arquivo pessoal)

Em Nova Friburgo, os perfis de pets nas redes sociais estão ganhando cada vez mais relevância. Eles são influenciadores digitais, modelos, embaixadores de marcas e produtos. Tem até it “girl” pet. Com um número impressionante de seguidores, é possível fechar boas parcerias com todos os tipos de estabelecimentos comerciais, físicos e on-line, o que traz um bom retorno para os donos, empresários destes animais de estimação tão admirados e cheios de desenvoltura na frente das câmeras.

Reunimos então alguns influenciadores caninos para saber mais como foi a estreia deles nas redes e descobrimos que a fama também traz responsabilidades e, na cidade, muitos usam suas incríveis habilidades para atrair seguidores para divulgar ações de cuidado animal, como campanhas de adoção, castração e arrecadação de ração e produtos de higiene para os amigos caninos em situação de rua ou em abrigos, aguardando ansiosos por novos donos.

@todtoffo

Tod é uma verdadeira estrela friburguense nas redes sociais, com 12,9 mil seguidores no Instagram, está sempre se exibindo nas fotos. O visual é variado: gravadas, bandanas, coleiras e até fantasias em datas especiais. Sua tutora, Fátima Wermelinger, conta que começou o perfil do “aumigo” sem intenção e ficou impressionada quando várias pessoas começaram a seguir os passos do pequeno jack russell, que parece posar para a câmera. Com isso, ela aproveita a conta para divulgar ações, porque sabe que serão muitas as visualizações.

“O número de seguidores foi crescendo, as pessoas elogiavam o Tod e eu achei o máximo esse retorno. Não podia ficar um dia sem postar que os amigos logo cobravam: “Cadê o Tod? Está sumido!”. Nisso fui publicando e sempre recebemos muitas curtidas e novos seguidores. Hoje ele é embaixador da Premier Pet [marca brasileira de alimentos], o adestrador também foi uma parceria e também fizemos muitas amizades, já recebi amigos de outras cidades que vieram só para conhecê-lo, é uma experiência maravilhosa”, conta Fátima.

O cotidiano e as peripécias de Tod são registrados e publicados na rede social. Na última verificação, o perfil possuía 2.234 postagens, na mais recente Tod aparece no meio de tecidos e papéis rasgados, posando para a foto com o focinho dissimulado de quem diz: “Não fui eu!”. Na descrição da foto, Fátima explica a situação, em primeira pessoa: “Dei mole... fui pego no flagra! Quem estragou essa manta, a revista e o Alien Flex não foi eu mãe! É melhor eu entrar debaixo dessa mesa porque não colou!”.

E nas ruas o sucesso é reconhecido: “O mais engraçado é que quando saio na rua com ele sempre tem alguém que me para e pergunta: “Ele é o Tod?”, respondo que sim e a pessoa logo me diz que é amiga dele no Instagram”.

@melissa_theshihtzu

Com um aninho de vida, a shitzu Melissa já possui 4.193 seguidores em sua conta no Insta. Quem gerencia o perfil é a dona da cadelinha, Thaís Pinheiro, que destaca logo: “Melissa nasceu para brilhar! Se comporta muito bem para as fotos”. Os pêlos escorridos e longos, permitem que a dona brinque com vários penteados, o que faz de Melissa a proprietária de muitos, mas muitos acessórios, que vão de lacinhos a bandanas.

E a pequena shitzu está sempre desfilando sua beleza e espontaneidade pelo feed e recebendo em troca muitas curtidas. Uma publicação de aniversário da Melissa, onde ela aparece arrumada e ao lado do bolo e de balões recebeu quase 700 curtidas. Além disso, muitos dos seus seguidores tiraram um momento para desejar parabéns a essa simpática shihtzu.

“Iniciei o perfil da Melissa no final do ano passado. Até então eu não tinha muito interesse em gerenciar uma página de pet, mas logo que postei as fotos dela e percebi que o público realmente estava gostando, resolvi continuar. Onde ela vai é reconhecida. Muito dócil e carinhosa, as crianças sempre pedem para tirar fotos, é muito gratificante”, conta Thaís.

@hugo.thewestie

Hugo é um west terrier branquinho, que mais parece uma pelúcia. Com menos de um ano de vida ele já cativou 1.518 seguidores no Insta. Nas 117 publicações que haviam no até o fechamento desta matéria ele aparece comendo, brincando, jogando bola, passeando, junto com outros amigos caninos e também com a dona, Aline Macedo Lima, que é a responsável pelo conta desta estrela friburguense de quatro patas.

A tutora conta que iniciou a conta faz cerca de nove meses, quando Hugo chegou em sua vida. Para que as pessoas possam acompanhar os momentos, ela diz que usa o recurso do snapgram para publicações mais descontraídas e informais e as demais vão para a página. E para garantir que o feed dos seguidores seja bem colorido, bonito e atrativo, ela tenta sempre mesclar fotos ao ar livre com as tiradas em ambientes fechados.

“As fotos são tiradas sempre aos finais de semana e armazenadas para postagens futuras, já que não é tão fácil tirar fotos dele, muito agitado. As fotos do Hugo são todas com acessórios, sejam gravatas, bandanas, além dos temas da moda. Em épocas comemorativas, como Copa e festa junina, por exemplo, procuro adereços nas lojas da cidade para que ele esteja sempre atual”, diz Aline.

E todo esse charme atrai parcerias. Atualmente elas são avaliadas pela dona após recebimento via direct e a prioridade são divulgações de adoções, eventos beneficentes e promoções. Inclusive para a Cãominhada, que acontece neste domingo, Hugo sorteou um kit pelo seu perfil.

@perola.goldenretriever

Pérola é uma golden retriever de quase dois anos de vida, irmã do Luck e da Loren, mas ela é a modelo da família. Ela pode ser vista cheia de poses e abusando dos acessórios no perfil criado pela sua dona Ana Carolina Erthal Miler, que além das fotos fofas também usam de textos bem humorados para contar o dia a dia da cadelinha caramelo, inclusive suas travessuras: “Preciso desabafar aumigos! Acordei cedinho para fazer essa poda na planta da mamãe e ela ficou super brava. Disse que sou um tsunami que fico destruindo as plantinhas dela. Mamãe é uma ingrata, vejam minha cara de chateada!”.

Carol conta que a ideia do perfil surgiu de observar a reação e a grande recepção das pessoas à Pérola quando a família saia para passear: “Onde levamos a Pérola, é sucesso. Ela é muito dócil, então eu meu marido sempre amamos arrumar a Pérola pra passear. Ela tem uma coleção de lacinhos e bandanas. Foi então que começamos a observar que onde a gente a levava as pessoas queriam fazer carinho, tirar foto. E ela sempre muito fotogênica, parece que está sorrindo, daí veio a ideia de fazer um Instagram”.

E na rede, as pessoas também receberam muito bem a Pérola. Atualmente ela possui 1.054 seguidores e muitas curtidas nas suas 60 publicações: “A frequência das fotos é de acordo com o tempo da Pérola, sempre que nos deparamos com uma situação bonitinha ou engraçada capturamos. E a conta foi crescendo, quando nos demos conta já tinha mil seguidores. Todos os dias quando abrimos o Insta dela vemos novos seguidores”, conta Carol.

@bulldog_moana

A linda Moana, uma bulldog francês de apenas sete meses, estreou nas redes sociais em março deste ano. Na ocasião, sua dona, Nayara Corrêa Navega, tinha o intuito de usar o Insta para registrar alguns momentos da filhotinha recém-chegada à família e foi surpreendida com o sucesso da Moana. Atualmente a peludinha tem 1.037 seguidores, e esse número cresce a cada dia, apesar do perfil contar com apenas 14 publicações (na data de fechamento desta matéria).

“Queríamos registrar alguns momentos da Moana e compartilhar experiências com outros bichinhos. As fotos postadas são escolhidas por sua importância, não apenas pela beleza. Gostamos de postar fotos reais dos nossos momentos, passeios, cochilos, brincadeiras. Registrar esses momentos é algo muito prazeroso, pois ela foi muito esperada e desde que chegou nossa vida virou de ponta-cabeça, até porque, a partir daquele momento, alguém dependia de nós”, conta Nayara.

Sobre o movimento percebido nas redes, Nayara pondera: “Nossos seguidores são, em maioria, de outras cidades. Mas por aqui também temos alguns que nos acompanham, inclusive um grupo onde conversamos, tiramos dúvidas, marcamos encontros”. Já sobre a fama da pequena, ela destaca que as curtidas são muitas, mas por enquanto ainda é possível para a Moana passear na rua sem ter de fugir do assédio dos fãs: “Ainda não aconteceu de pessoas pedirem pra tirar fotos por ela ser reconhecida. Mas na rua, algumas vezes, por ela estar cheia de enfeites: laços, brincos, cordões, chama a atenção”.

 

TAGS: cães