Bravo se encontra com Witzel pela primeira vez, em Petrópolis

Principais pautas foram recursos para rodovias estaduais, UPA e Hospital do Câncer
sábado, 16 de fevereiro de 2019
por Guilherme Alt e Adriana Oliveira (redacao@avozdaserra.com.br)
Bravo e Witzel no primeiro encontro entre os dois (Divulgação)
Bravo e Witzel no primeiro encontro entre os dois (Divulgação)

Na tarde desta sexta-feira, 15, o prefeito Renato Bravo se encontrou pela primeira vez com o governador Wilson Witzel. O encontro aconteceu em Petrópolis, onde Witzel montou seu gabinete itinerante por dois dias. Bravo apresentou diversas demandas de Nova Friburgo, entre elas recursos para obras de conservação das estradas estaduais RJ-130 (Terê-Fri) e RJ-142 (Serramar).

A UPA de Conselheiro Paulino, que deveria ter os custos partilhados entre União, Estado e Município, também entrou na pauta. Há 4 anos, o governo do estado não repassa sua parte e, para não fechar o atendimento, a prefeitura assumiu dois terços dos custos de manutenção.

O prefeito e o governador conversaram também  sobre a Rota 116, sobre uma ponte no Córrego Dantas e sobre parcerias na área de exportação.

Também estava presente no encontro o deputado federal Hugo Leal. Durante a reunião, o deputado mostrou apoio e respaldo às parcerias que podem surgir entre Nova Friburgo e o governo do estado.

Nas palavras do prefeito Renato Bravo, “mostramos para o governador que podemos desenvolver uma parceria efetiva: o Estado do Rio nos ajudando e Nova Friburgo ajudando o Estado do Rio”.

Também esteve em pauta a retomada das obras no Hospital do Câncer, uma das prioridades do município. Bravo destacou a importância de a obra ser finalizada. “O governador ouviu atentamente a demanda e não vai medir esforços para viabilizar essa solução”, comentou o prefeito.

Esta semana o local sofreu mais uma vez com atos de vandalismo e furtos. Janelas e portas  foram arrancadas, blindex foram destruídos, fios elétricos foram roubados, segundo o presidente da Associação de Moradores da Ponte da Saudade, José Roberto Folly.

Em novembro passado, Folly iniciou um abaixo-assinado  pedindo a retomada das obras. “Já passam das 50 mil assinaturas no documento e vamos buscar falar com o governador através de ofício ou pessoas próximas a ele. Não dá mais para ficar nessa situação”, disse.

Segundo o governo do estado, Witzel fará reuniões periódicas do secretariado em todas as regiões do Rio, com o objetivo de interiorizar a gestão estadual. Nessas ocasiões, haverá ações para fortalecer a integração entre as administrações do estado e dos municípios, além de encontros com lideranças das regiões. Esse modelo de governo itinerante começa pela Região Serrana. O cronograma para as próximas regiões ainda está sendo definido.   

As atividades desenvolvidas no interior do estado não gerarão gasto adicional. Nenhum funcionário receberá diária ou remuneração extra e os secretários pagarão suas próprias despesas.

Neste sábado, o governador vai realizar a segunda reunião de secretariado, no Palácio Quitandinha, em Petrópolis. A programação divulgada é a seguinte:

9h às 12h - Reunião do Secretariado

12h às 13h - Reunião do governador com lideranças empresarial, da sociedade civil e religiosa de Petrópolis

14h às 16h - Encontro de trabalho com os prefeitos, secretários e vereadores da Região Serrana

 

TAGS: