Banda do Colégio Odette Penna Muniz viaja para mais um concurso

Agremiação friburguense foi a única do Estado do Rio convidada a participar de competição nacional em Santa Catarina
sexta-feira, 27 de setembro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
A banda em apresentação na cidade (Foto: Vinicius Eyer)
A banda em apresentação na cidade (Foto: Vinicius Eyer)

A Banda de Tambores do Colégio Municipal Odette Penna Muniz embarcou nesta quinta-feira, 26, rumo a Santa Catarina, para participar e representar Nova Friburgo no 12º Concurso de Fanfarras e Bandas Sulbrasileiro (Confabansul), na cidade de São Francisco do Sul. As apresentações serão neste fim de semana.

A banda friburguense foi a única do Estado do Rio convidada a participar. Em 2018, o OPM ficou com o segundo lugar em corpo musical, coreográfico e em baliza.  

A banda do OPM vai se apresentar com 60 componentes entre corpo musical e coreográfico, baliza, balizador e regente mór. Com a regência de Carlos Antônio Corrêa Borges e do jovem maestro Lucas Matos Batista dos Santos, além de Daiana Carvalho como coreógrafa, a banda irá competir com mais cinco bandas em sua categoria. 


O prefeito Renato Bravo, ao saber do convite, pediu ao secretário de Educação, Igor Pinto, que desse toda a estrutura e apoio necessários para que a banda pudesse participar do concurso. O evento reúne bandas e fanfarras de diversos estados e acontecerá no ginásio Waldir Quirino da Luz, na cidade catarinense.

A competição está dividida em 11 categorias técnicas e três relacionadas à faixa etária. O evento é uma realização da Fundação Cultural e Abanfaesc (Associação de Bandas e Fanfarras do Estado de Santa Catarina). No total, serão R$ 10 mil em premiação às categorias. Cerca de 50 grupos participarão do evento.

São Francisco do Sul é a cidade mais antiga de Santa Catarina e a terceira mais antiga do Brasil. Colonizada pelos portugueses, espanhóis e açorianos, sua primeira ocupação foi feita temporariamente por espanhóis por volta de 1553. Com seus 500 anos de história, se destaca por suas ruas, casas, igrejas, sambaquis, ruelas e becos. A cidade possui mais de 50 mil habitantes e é muito hospitaleira.

 

TAGS: Música