Até construção de nova escola, alunos do Odette terão aulas no Jamil El Jaick

Acordo de compartilhamento vale até dezembro de 2020, mas prefeitura ainda não tem previsão para construir nova escola
sexta-feira, 20 de setembro de 2019
por Fernando Moreira (fernando@avozdaserra.com.br)
Alunos na Odette Pena Muniz (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)
Alunos na Odette Pena Muniz (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)

Conforme noticiado em primeira mão por A VOZ DA SERRA em 8 de agosto, um laudo emitido pela Defesa Civil de Nova Friburgo no dia 12 de junho constatou uma série de problemas estruturais no prédio do Colégio Municipal Odette Penna Muniz, no bairro Vila Nova. Na ocasião, a prefeitura informou que alunos e funcionários seriam transferidos para o Colégio Estadual Jamil El Jaick até que uma nova escola seja construída pelo Executivo Municipal.

No entanto, como a educação municipal ficou em greve por quase um mês, essa transferência acabou sendo prejudicada e só aconteceu no último dia 12, pouco mais de uma semana após o fim da paralisação. Município e estado assinaram um termo de compartilhamento do espaço. O acordo vale até 20 de dezembro de 2020. Foram disponibilizadas aos funcionários, professores e alunos do Odette Penna Muniz 12 salas no período da tarde e outras oito no período noturno no Jamil El Jaick.

“Fomos recebidos de braços abertos no Jamil El Jaick. Todos os espaços da escola estão sendo abertos para a gente. Não vou dizer que está tudo funcionando 100%. Mas estamos caminhando. O problema é que temos pressa para que a prefeitura dê início a construção da nova escola, afinal de contas, estamos na ‘casa’ dos outros. Queremos a nossa casa. Temos nossos hábitos, nossas rotinas e necessitamos de mais espaço”, declarou a diretora Leila Maria Fernandes, que está há quatro anos à frente da unidade.

O Colégio Odette funcionava na Vila Nova em três turnos (manhã, tarde e noite), oferecendo do 6º ao 9º do ensino fundamental, além da Educação para Jovens e Adultos (EJA). No entanto, devido a limitação de espaço no Colégio Jamil El Jaick, os cerca de 550 alunos e 70 funcionários acabaram perdendo o turno da manhã e tiveram que ser realocados em turmas à tarde e à noite.

O que diz a prefeitura

Procurada por A VOZ DA SERRA, a Prefeitura de Nova Friburgo nos informou em nota que ainda não há prazo definido para que os alunos do Colégio Odette Penna Muniz deixem as instalações do Colégio Estadual Jamil El Jaick. Esclareceu também que não está sendo feita nenhuma intervenção no antigo prédio, que permanece fechado. E finalizou afirmando que será construída uma nova escola, no entanto, ainda sem prazo para a abertura de licitação e, consequentemente, para o início das obras.

O laudo da Defesa Civil 

O laudo emitido pela Defesa Civil no último dia 12 de junho constatou, ao todo, dez problemas na estrutura predial do Colégio Municipal Odette Penna Muniz, construído em 1972, na Vila Nova. Segundo o documento, “todo o telhado apresenta infestação de cupim no seu madeiramento e no forro de madeira;  vazamento de água proveniente da chuva; na parede externa do pátio observa-se deslocamento na aresta com risco iminente de queda; piso interno da cozinha danificado; parede estrutural da cozinha com recalques; piso do corredor com fiação elétrica exposta e risco iminente de acidente; banheiro para usuários de necessidades especiais encontra-se interditado sem possibilidade de uso; banheiro feminino e masculino necessitando de reparos com deficiência de portas e esquadrias; fossa entupida; e compartimento de botijas de gás totalmente vedado, não apresentando respiradouros”.

Na conclusão do laudo, assinado pelo então secretário municipal de Defesa Civil, coronel João Paulo Mori, a Secretaria Municipal de Educação foi “advertida sobre a precariedade que se encontra o imóvel, sendo temerária a sua utilização como escola”.

 

TAGS: Educação