Alunos da Ceffa Flores vão plantar mudas nas jardineiras da Alberto Braune domingo

Sustentabilidade e educação são os pilares do projeto Vamos Florir
sexta-feira, 04 de outubro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Canteiros de flores no Suspiro (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)
Canteiros de flores no Suspiro (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)

Neste domingo, 6, das 7h às 12h, o secretário de Serviços Públicos, Amarílio Salarini, promoverá uma intervenção na principal avenida de Nova Friburgo com os alunos da Ceffa Flores. Serão plantadas mudas nas jardineiras na extensão da avenida. A iniciativa corrobora o Urban Hacking, que acontecerá no dia 15 de novembro nas avenidas Alberto Braune e Ariosto Bento de Mello.

O Urban Hacking é uma realização do Sebrae/RJ, com parceria da Secretaria de Turismo, Acianf, CDL, Country Clube, Fundação Dom João VI, Ascofri, Nova Friburgo Convention & Visitors Bureau e empresários locais.

Também conta com o apoio da Secretaria de Estado de Turismo (Setur) e Companhia de Turismo do Estado do Rio de Janeiro (TurisRio). Tem como objetivo promover a interação entre a população e turistas com ações de lazer, economia e entretenimento. 

A Associação Comercial Industrial e Agrícola de Nova Friburgo (Acianf), em parceria com a Secretaria de Serviços Públicos e o Ibelga, desenvolveu o Projeto Vamos Florir, um conjunto de ações que visa a sustentabilidade, a educação e a preservação do Meio Ambiente. 

Nascido em agosto de 2018, o Vamos Florir tem como principal objetivo incentivar a melhoria dos espaços urbanos, através da restauração e manutenção de áreas públicas. 

Contribui para o embelezamento da cidade e para a autoestima do cidadão friburguense, além de estar em consonância, ideologicamente, com programas ambientais de redução de resíduos sólidos e descarte inadequado, poluição visual, acessibilidade, qualidade de vida, preservação de áreas de proteção em áreas urbanas, sensibilização da população a temas ambientais, entre outros.

“Somando-se aos benefícios sociais, ambientais e cívicos, a reurbanização das áreas públicas promove, ainda, o turismo e o aquecimento da economia do município. Ganha todo mundo, população, município e visitantes”, afirmou o presidente da Associação, Júlio Cordeiro.  

Com os resultados já bastante aparentes, o próximo passo foi dado na última sexta-feira, 30. Reuniram-se na Acianf, o presidente, o vice-presidente de administração e o de agronegócios da entidade, Júlio Cordeiro, Juvenal Condack e Alexandre Jacintho, respectivamente, o engenheiro agrônomo e professor da UFRRJ, Leonardo Médici, o engenheiro agrônomo e consultor do Projeto Vamos Florir, Gabriel Violento, o secretário de Serviços Públicos, Amarílio Salarini, e a representante da Fundação Dom João VI, Adriana Cortês, para discutir um sistema automatizado de irrigação desenvolvido pelo professor Leonardo e seu sócio, Daniel de Carvalho.

Foi firmada uma parceria entre a Acianf e a Universidade para a difusão desse sistema tanto para o Projeto Vamos Florir quanto para o Projeto de Incentivo ao Plantio de Lúpulo. 

Viagem a Holambra

No mês de setembro, a Acianf proporcionou uma viagem para Holambra, o maior produtor de flores do país, para 15 alunos do CEFFA Flores de Vargem Alta, com o objetivo de fomentar e incentivar o Projeto Florescer - uma complementação do Projeto “Vamos Florir”, na área da educação ambiental.

Técnicos da Emater elaboraram um roteiro para apresentar a estrutura e o sistema de comercialização de flores da cidade. O roteiro foi extremamente técnico, com visitas a empresas do setor agrícola, cooperativas, produtores e feira de eventos do setor. 

 

TAGS: Meio Ambiente