Alerj convoca Sérgio Louback para posse

Vaga na Câmara Municipal será ocupada pelo suplente de vereador Dr. Luiz Fernando
segunda-feira, 25 de março de 2019
por Alerrandre Barros (alerrandre@avozdaserra.com.br)
Alerj convoca Sérgio Louback para posse

O vereador de Nova Friburgo Sérgio Louback (PSC) foi convocado nesta segunda-feira, 25, pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) para assumir o cargo de deputado estadual. Ele é o 1º suplente do PSC e vai substituir Chiquinho da Mangueira, afastado do posto após ser preso, em novembro do ano passado, pela Lava Jato, no âmbito da operação Furna da Onça.

De acordo com a Alerj, a posse de Louback e outros quatro suplentes deve ocorrer em uma breve solenidade nesta na terça-feira, 26, por volta das 14h45, no plenário. No mesmo dia, logo após a posse, Louback já deverá participar das sessões extraordinária e ordinária que acontecerão no mesmo dia na Casa.

Também foi marcada para esta terça-feira, 26, na Câmara Municipal a posse do Dr. Luiz Fernando (Podemos) como vereador suplente. Segundo o legislativo municipal, Sérgio Louback não abriu mão do mandato. Ele foi licenciado a pedido, podendo retornar caso o titular do mandato na Alerj, Chiquinho da Mangueira, retome as atividades, se inocentado pela Justiça.

Único representante de Nova Friburgo na Alerj, Louback disse que pretende atuar como elo entre os municípios do entorno e o governo do estado. “Prefeitos de vários municípios da Região Serrana, Centro-Norte e Norte fluminense, e até da Região Metropolitana, já me procuraram para uma parceria. Muitos estão sem representantes na Alerj. Nossa intenção é trabalhar por essa região”, afirmou ele.

Por ter participado ativamente da campanha à eleição do governador Wilson Witzel, também do PSC, o novo deputado estadual acredita que essa proximidade irá facilitar no atendimento às demandas locais. “Infelizmente o enfoque dos governos fica muito na capital e no Grande Rio. Quero reverter essa situação e trazer os secretários do governo do estado para o interior”, disse Louback.   

A nomeação dos suplentes na Alerj ocorreu após a posse, na última quinta-feira, 21, de cinco deputados eleitos que estão presos acusados de terem recebido vantagens do esquema chefiado pelo ex-governador Sérgio Cabral em troca de votações favoráveis ao governo na Assembleia Legislativa: além de Chiquinho, Luiz Martins (PDT), Marcos Abrahão (Avante), Marcus Vinícius “Neskau” (PTB) e André Corrêa (DEM).

Os presos foram empossados na cadeia e Chiquinho da Mangueira, em sua casa na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Foi a primeira vez que o livro de posse saiu da Assembleia Legislativa. A manobra da mesa diretora para empossar os presos instaurou uma crise na Alerj. Deputados planejam entrar na Justiça para reverter a decisão da mesa.

 

Foto da galeria
Dr. Luiz Fernando será empossado vereador nesta terça-feira, 26, mesmo data em que Sérgio Louback assume como deputado na Alerj
TAGS: ALERJ