Aberta corrida por vagas temporárias de Natal no comércio

Comerciantes de Friburgo devem abrir para este fim de ano apenas metade das vagas oferecidas em 2017
quinta-feira, 27 de setembro de 2018
por Alerrandre Barros (alerrandre@avozdaserra.com.br)
Aberta corrida por vagas temporárias de Natal no comércio

Começou a temporada de vagas temporárias no comércio de Nova Friburgo para o fim do ano. Quem pretende ir atrás dessas oportunidades deve se preparar, porque os 100 postos de trabalho a serem abertos pelos comerciantes é a metade das vagas oferecidas no ano passado, avisa a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e do Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio) da cidade.

“Nossa previsão de queda nas contratações leva em conta a situação geral do país, com alto índice de desemprego e insegurança quanto à recuperação da economia, que está muito lenta. O ano foi difícil para o setor do comércio”, avalia o presidente da CDL e do Sincomércio, Bráulio Rezende.

Para Rezende, as vendas no setor em novembro e dezembro devem crescer, como ocorre habitualmente no Natal, mas esse aumento não deve acompanhar o desempenho de 2017. No ano passado, o comércio registrou elevação de 4,5% nas vendas, na comparação com o mesmo período de 2016. O setor esperava crescer 10%. Bráulio não quis arriscar palpite sobre movimento para este fim de ano.

“As vendas sempre aumentam nessa época, pela tradição de troca de presentes e porque as pessoas preparam suas casas para o Natal. No momento, é complicado imaginar o que vai acontecer, já que vivemos uma crise longa, temos um ou dois turnos de eleição por vir, instabilidade política e oscilação do dólar, que afeta diretamente o comércio. Não podemos antever ainda”, assinalou o presidente das entidades.

O fraco desempenho do setor este ano reflete na geração de empregos. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, mostram que, de janeiro a agosto, o comércio formal da cidade mais demitiu do que contratou. O saldo negativo (-58 vagas), no acumulado até agora, é do que o registrado no mesmo período do ano anterior (-10).

Os números de empregos com carteira assinada no comércio, porém, tendem a melhorar nos próximos meses por conta das contratações temporárias, mas também devido a abertura de uma nova unidade do supermercado Serra Azul, no distrito de Conselheiro Paulino. A filial, na RJ-148, entre o Terra Nova e o Parque Maria Teresa, vai gerar cerca de 150 vagas efetivas.

De acordo com a CDL e o Sincomércio, os interessados nas vagas temporárias devem se dirigir às empresas para entrega de currículos. As duas entidades também mantêm, em parceria com a Universidade Estácio de Sá, um banco de profissionais que atende gratuitamente a candidatos em busca de colocação no mercado de trabalho e empresas que procuram funcionários. O cadastro deve ser realizado na CDL e no Sincomércio (Rua Fernando Bizzoto, 39, Centro).

TAGS: Emprego